Chronic obstructive pulmonary disease and malnutrition: why are we not winning this battle?

Chronic obstructive pulmonary disease and malnutrition: why are we not winning this battle?

Título alternativo Doença pulmonar obstrutiva crônica e desnutrição: por que não estamos vencendo a batalha?
Autor Ferreira, Ivone Martins Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVES: To review the mechanisms involved in the origin of malnutrition in patients with chronic obstructive pulmonary disease (COPD), and to make a systematic review of randomized controlled studies, to clarify the contribution of nutritional supplementation in patients with stable COPD. METHOD: A systematic review of articles published in the field of nutrition, in any language and from several sources, including Medline, Embase, Cinahl, and the Cochrane Registry on COPD, as well as studies presented at congresses in the US and Europe. RESULTS: Studies on nutritional supplementation for more than two weeks showed a very small effect, not reaching statistical significance. A linear regression study found that old age, relative anorexia, and high inflammatory response are associated with non-response to nutritional therapy. CONCLUSION: Currently, there is no evidence that nutritional supplementation is truly effective in patients with COPD. Factors associated with non-response suggest a relationship with the degree of inflammation, including high TNF-alpha levels. Measuring inflammation markers may be useful to determine prognosis and adequate therapy. Treatment with anti-inflammatory cytokines or cytokine inhibitors seems promising for the future.

OBJETIVOS: Fazer uma revisão dos mecanismos envolvidos na gênese da desnutrição em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e revisão sistemática dos artigos randomizados e controlados para esclarecer a contribuição de suplementação nutricional em pacientes com DPOC estável. MÉTODO: Revisão sistemática de artigos publicados na área de nutrição em todas as línguas, de várias fontes, incluindo Medline, Embase, Cinahl e Cochrane Registry, assim como trabalhos apresentados em congressos norte-americanos e europeus. RESULTADOS: Estudos com suplementação nutricional maior que duas semanas mostraram que o efeito foi muito pequeno e não atingiu significância estatística. Estudo com regressão linear encontrou que idade avançada, anorexia relativa e resposta inflamatória elevada estão associadas a ausência de resposta à terapia nutricional. CONCLUSÃO: No momento não existe evidência de que suplementação nutricional seja realmente eficaz em pacientes com DPOC. Fatores associados com ausência de resposta sugerem relação com o grau de inflamação, incluindo altos níveis de TNF-alfa. Medida dos marcadores de inflamação pode ser útil na determinação do prognóstico e da terapia adequada. No futuro, tratamentos com citocinas antiinflamatórias ou inibidores de citocina são promissores.
Palavra-chave Chronic obstructive pulmonary disease
Eating disorders
Inflammation
Food supplementation
Doença pulmonar obstrutiva crônica
Transtornos nutricionais
Inflamação
Suplementação alimentar
Idioma Inglês
Data de publicação 2003-04-01
Publicado em Jornal de Pneumologia. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, v. 29, n. 2, p. 107-115, 2003.
ISSN 0102-3586 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Extensão 107-115
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-35862003000200011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-35862003000200011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1686

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-35862003000200011.pdf
Tamanho: 112.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta