Avaliação cistométrica em ratas após detrusorectomia e revestimento do urotélio com segmento gástrico desprovido de mucosa.

Avaliação cistométrica em ratas após detrusorectomia e revestimento do urotélio com segmento gástrico desprovido de mucosa.

Título alternativo Cystemetric evaluation of rats after detrusorectomy and demucosalized gastrocystoplasty
Autor Leão, Jovelino Quintino de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ortiz, Valdemar Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A detrusorectomia com revestimento do urotelio por segmento gastrico desprovido de mucosa, em ratos, ainda nao foi descrita na literatura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade vesical funcional e a pressao vesical, e verificar a factibilidade da realizacao deste procedimento em ratos, utilizando para isto tecnica microcirurgica. Este estudo foi aprovado pelo Comite de Etica em Pesquisa da UNIFESPEPM. Foram utilizadas quarenta e oito ratas da linhagem OUTB EPM I Wistar, pesando entre 192 e 273 gl, distribuidas em quatro grupos de doze animais. Os animais operados foram avaliados apos 60 e 180 dias, e dois grupos de animais nao operados serviram como controles. O procedimento operatorio era realizado com auxilio de microscopia cirurgica e aumento de 10 e 16 vezes. A pressao e capacidade vesical funcional foram medidas com cateter uretral de dupla luz, de calibre 4 Fr., com infusao de solucao salina a temperatura de 37º C, numa velocidade de O,2 ml/m. Para o estudo estatistico foi utilizado o teste de MannWhitney. A capacidade vesical foi maior nos grupos operados (GCP I = 1,17 ml; GCP II=1,34 ml) quando comparados aos grupos controles (GC I- 0,71 ml; GC II=0,67), sem diferenca entre os tempos de observacao. A pressao vesical foi menor no grupo de animais observados por 60 dias (36,08 cm H2O) do que nos grupos controle (GC I 41,5 cm H2O; GC 11 40 cm H2O) e 180 dias de observacao (42,25 cm H2O). A detrusorectoimia com revestimento do urotelio por segmento gastrico desprovido de mucosa, promove aumento na capacidade vesical de ratas, e diminui a pressao vesical nos animais avaliados com 60 dias de pos-operatorio
Palavra-chave Bexiga urinária/cirurgia
Estômago
Ratos
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 56 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 56 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16853

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta