Avaliacao da capacidade de sintese e da atividade de renina em celulas mesangiais em cultura

Avaliacao da capacidade de sintese e da atividade de renina em celulas mesangiais em cultura

Título alternativo Capacity evaluate of synthesi and renin activity in mesangial cells in culture
Autor Andrade, Andrea Quintella de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A secrecao de renina se relaciona diretamente ao mecanismo de regulacao da formacao de angiotensina II (AII), sendo que as celulas justaglomerulares do rim sao as principais produtoras de renina circulante. A sintese de Ali tambem ocorre em varios tecidos independentemente dos componentes sistemicos. No rim, celulas dos tubulos proximal e distal sintetizam Ali em nivel intracelular. As celulas mesangiais (CM) possuem importante papel na regulacao da funcao renal, e contraem na presenca de Ali. Assim, os objetivos deste trabalho foram verificar se as CM, sao capazes de sintetizar o RNAM de renina, bem como de produzir e secretar a enzima ativa. Foram utilizadas CM cultivadas a partir de rins de rato e camundongo entre o 3º e 5º sub-cultivo. A presenca do RNAM de renina foi detectada pelo PCR. O conteudo e a atividade de renina foram avaliados atraves da geracao de angiotensina I, quando o meio de cultura (extraceiuiar) e o lisado celular (intracelular) foram incubados com angiotensinogenio. A geracao de AI foi avaliada por eletroforese e por HPLC em diferentes tempos de incubacao (O, 4 8, 24 horas). Os resultados mostraram que as CM expressam o RNAM para renina e sao capazes de sintetizar a proteina. Com relacao as formas da renina, observamos que 57 por cento do conteudo total de renina presente no meio intracelular corresponde a renina livre ou ativa e 42 por cento a forma inativa (pro-renina). No meio de cultura a porcentagem de renina ativa correspondeu a 70 por cento do total e pro-renina a 30 por cento. Com relacao a atividade da renina, observamos um consumo progressivo do angiotensinogenio quando incubado com o lisado. Este consumo foi intensificado quando a pro renina foi pre ativada com tripsina, sugerindo que a CM pode estocar renina inativa a qual pode ser ativada e secretada na presenca de estimulo., Estes resultados sugerem que a semelhanca das celulas justaglomerulares, as CM sintetizam renina na forma inativa (pro renina) a qual pode ser secretada nesta forma ou ser processada ou ativada no meio intracelular. Uma vez que a CM sintetiza a enzima conversara da AI, estes resultados contribuem para a hipotese de que esta celula pode ser capaz de gerar Ali independentemente dos componentes sistemicos
Palavra-chave Renina
Expressão Gênica
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 50 p. ilus.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 50 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16836

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta