Padronizacao do teste da lacticemia de polpa digital antes e apos estimulo frio na populacao geral e comparacao com pacientes com fenomeno de Raymund secundario a esclerose sistemica

Padronizacao do teste da lacticemia de polpa digital antes e apos estimulo frio na populacao geral e comparacao com pacientes com fenomeno de Raymund secundario a esclerose sistemica

Título alternativo Standardization of finger tip lacticemy test before and after a cold stimulus in normal subjects and comparasion with patients with Raymund phenomenon secondary to sistemic sclerosis
Autor Kayser, Cristiane Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: a descricao original do teste de lacticemia de polpa digital antes e apos estimulo frio(LPD-EF) abriu uma nova perspectiva no estudo do fenomeno de Raynaud, evidenciando uma faceta bioquimica das consequencias do vasoespasmo e dos disturbios da microcirculacao. Objetivo: o presente estudo teve por objetivo Otimizar os parametros de realizacao do teste LPD-EF e estabelecer a variacao da normalidade e a variacao observada em pacientes com esclerose sistemica (ES) e ainda avaliar a aplicabilidade do teste no diagnostico de ES. Material e Metodo: o teste da LPD-EF foi aplicado em 94 individuos higidos voluntarios em 17 pacientes com ES, definida segundo os criterios do Colegio Americano d Reumatologia. Foi dosada a LPD em condicoes basais e 3, 8 e 13 minutos apos estimulo frio (imersao das maos em agua a 10§C por 1 minuto). A variacao percentual da LPD apos estimulo frio em relacao a LPD basal (ALPD 3, ALPD 8 e ALPD 13) foi utilizada como parametro para expressar a alteracao na LPD induzida pelo frio. Para avaliar a variabilidade intrinseca do metodo, realizamos quatro medidas repetidas da LPD em oito individuos higidos. Resultados: em individuos normais, a LPD basal nao diferiu estatisticamente nas tres faixas etarias estudadas (I S-24, 25-34 e >35 anos) no sexo masculino e feminino. Da mesma forma, os ALPD 8 EALPD 13 apresentaram valores semelhantes nas varias faixas etarias e em ambos os sexos em individuos normais. OALPD 3 foi semelhante em todas as tres faixas etarias no sexo masculino, mas apresentou valores significantemente maiores nas mulheres entre 25-34 anos em relacao as demais mulheres higidas. A LPD basal foi estatisticamente superior nos pacientes com ES (2,35 n O,67) em relacao aos normais (1,98 n O,59). Da mesma forma os valores de ALPD 3, ALPD 8 e ALPD 13 ( por cento) mostraram-se significantemente superiores nos pacientes com ES (-1,2 n 25,4; + 5,1 @ 23,8; + 8,1 n 29,7, respectivamente) em relacao aos controles higidos (-26,5 n 22,0; -26,2 n 20,5; -28,6 n 18,0, respectivamente). O coeficiente de variacao medio do metodo foi de 10 por cento. Diminuicao da LPD pos-EF < -10 por cento aos 13 minutos pos-EF, associou-se mais frequentemente com individuos normais. Se considerarmos como teste anormal variacao da LPD com ALPD = -10 por cento, o teste apresentaria sensibilidade de 76,5 por cento, especificidade de 81,9 por cento, valor preditivo positivo de 43,3 por cento e valor preditivo negativo de...(au)
Palavra-chave Doença de Raynaud
Microcirculação
Escleroderma Sistêmico
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 93 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 93 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16831

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta