Autismo infantil e síndrome de Asperger: o desempenho comunicativo no diagnóstico fonoaudiológico

Autismo infantil e síndrome de Asperger: o desempenho comunicativo no diagnóstico fonoaudiológico

Título alternativo Autism and Asperger syndrome: the comunicative performance in speech and language's diagnosis
Autor Tamanaha, Ana Carina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Chiari, Brasilia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo teve como objetivo demonstrar, sob a perspectiva fonoaldiologica, o diagnostico diferencial entre os quadros de Autismo Infantil e Sindrome de Asperger, a partir da avaliacao do desempenho comunicativo, visto sob os referenciais ludico e verbal. A amostra constituiu-se de 21 criancas, de ambos os sexos, na faixa etaria de 2 anos a 5 anos, sendo 11 portadoras de Autismo infantil e 9 criancas com Sindrome de Asperger, a partir do diagnostico multidisciplinar. Alem disso, utilizei uma amostra composta por 90 criancas consideradas normais, de ambos os sexos, na faixa etaria de 2 a 4 anos, frequentadoras de creche, que constituiram o grupo controle. Para a analise do desempenho comunicativo utilizei os criterios adaptados e traduzidos para a lingua Portuguesa de WETHERBY & PRUTTING (1984) que constam de urna listagem de comportamentos ludicos (7); comportamentos linguisticos (5) e categorias funcionais para comunicacao nao-verbal e verbal(l4), criterios estes observados em duas situacoes de investigacao distintas: nao-dirigida e dirigida. Apos a analise estatistica foi possivel verificar que as criancas do grupo ,Asperger apresentaram desempenho melhor na atividade ludica, com diferenca estatisticamentesignificante comparados os desempenhos deste grupo com o grupo Autismo. O mesmo ocorreu na analise do codigo linguistico e na funcionalidade do comportamento verbal e nao-verbal No entanto quando confrontados os resultados obtidos do grupo de Asperger com os obtidos no grupo Normais, verificou-se que existem indicios de desvios de linguagem nesta patologia, tanto na capacidade simbolica, quanto no uso da pragmatica do codigo linguistico, que deveriam ser melhor investigados em pesquisas posteriores. Houve melhora significativa, principalmente no desempenho ludico, das criancas portadoras de Sindrome de Asperger em situacoes dirigidas. Portanto, a presenca e o incentivo do adulto demonstram ser fatores fundamentais e mostram que nesta patologia, o aproveitamento da intervencao e mais favoravel do que no quadro de autismo infantil. Deste modo, o processo de linguagem, visto a partir da analise do desempenho comunicativo e um fator importante para o estabelecimento do diagnostico diferencial entre os quadros de autismo infantil e Sindrome de Asperger
Palavra-chave Deficiências do Desenvolvimento
Transtorno Autístico
Transtornos da Comunicação
Linguagem Infantil
Jogos e Brinquedos
Developmental Disabilities
Autistic Disorder
Communication Disorders
Child Language
Play and Playthings
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 175 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 175 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16791

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta