Estudo comparativo entre transplante autólogo de limbo conjuntival e de limbo cátneo-conjuntival no tratamento das queimaduras químicas oculares em coelhos

Estudo comparativo entre transplante autólogo de limbo conjuntival e de limbo cátneo-conjuntival no tratamento das queimaduras químicas oculares em coelhos

Título alternativo Comparasion of conjunctival limbus and kerato-conjunctival limbus autograft transplantation in the treatment of ocular chemical burns in rabbits
Autor Rymer, Samuel Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Belfort, Rubens Junior Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este trabalho comparou, em modelo experimental em coelhos, os resultados obtidos com transplante autologo de limbo conjuntival e de limbo corneo-conjuntival, em queimaduras quimicas alcalinas unilaterais da superficie ocular. Um total de 35 coelhos foi submetido a unia queimadura quimica unilateral da cornea e limbo, utilizando papel filtro embebido em solucao de NaOH 1N. Apos 30 dias da queimadura, foram constituidos 3 grupos: Grupo 1 (l2 coelhos), Grupo 2 (12 coelhos )e Grupo 3 (11 coelhos). Os coelhos do grupo 1 nao foram operados e foram utilizados como controle. Os coelhos do Grupo 2 foram submetidos a um transplante autologo, utilizando limbo conjuntival do olho contralateral. Os coelhos do Grupo 3 foram submetidos a um transplante autologo, utilizando limbo corneo-conjuntival do olho contralateral. Os coelhos foram examinados com 15, 30, 60 e 90 dias de evolucao, sendo observados OS seguintes itens: inducao e regressao da neovascularizacao corneana, tempo de reepitelizacao corneana, alteracao da transparencia corneana e estudo do fenotipo corneano. Para este ultimo, realizou-se estudo imunohistoquimico, utilizando anticorpos monoclonais (AE5-queratina monoclonal anti-epitelial) e o metodo da peroxidase- antiperoxidase (PAP) como marcador, para identificacao e contagem de celulas hrmatoxilina-eosina (H&E) e do acido periodico de Schiff (PAS) para identificacao e contagem das celulas caliciformes. Para analise estatistica, foram utilizados os testes de Kruskal-Wallis, testes de Friedman, estudo de comparacoes multiplas, teste de Mann-Whitney e o teste t' de Student. Os resultados nao mostraram diferencas estatisticamente significantes entre os grupos operados, em nenhuma das variaveis clinicas estudadas. O estudo imunohistoquimico resultados semelhantes em ambos os grupos operados, sem diferencas estatisticamente significantes. Houve diminuicao gradativa do numero de celulas caliciformes, reconhecidas pelo PAS e aumento gradativo do numero de celulas epiteliais corneanas, reconhecidas pelo anticorpo monoclonal AE5, configurando- se, aos 90 dias de pos-operatorio, um fenofipo predominantemente epitelial corneano na superficie comeana
Palavra-chave Córnea
Queimaduras químicas
Transplante
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 78 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 78 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16786

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta