A dor do cancer infantil: a percepcao de quem a vive

A dor do cancer infantil: a percepcao de quem a vive

Título alternativo Rhe childhood cancer pain: the perception of those who experience it
Autor Dias, Carla Goncalves Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Esta pesquisa nasceu da minha experiencia como enfermeira assistencial no cuidado de criancas, adolescentes e jovens com cancer e suas familias, que vivenciam alguma experiencia dolorosa durante as diferentes fases do tratamento oncologico, nao recebendo a atencao adequada. Busquei descobrir qual o significado que a dor tem para a crianca e o adolescente, assim como para sua familia, atraves do reconhecimento da natureza multidimensional da dor e da sua percepcao. Optei pela tecnica de estudo de caso assumindo uma postura de escuta, que permeou toda a execucao deste estudo. Foram utilizados como recursos metodologicos a observacao participante, a leitura do prontuario e a entrevista com os pacientes e seus respectivos acompanhantes. As questoes recorrentes que apareceram nas entrevistas deram origem as categorias tematicas, que foram organizadas em dois eixos distintos: os pacientes e os acompanhantes, ambos sujeitos desta pesquisa. Atraves da analise das falas dos pacientes e dos acompanhantes surgiram questoes que vao alem da pergunta inicial da pesquisa, levando a uma profunda reflexao sobre a atitude do profissional de Saúde perante a dor e o sofrimento vivenciados pelo binomio paciente/familia
Palavra-chave Enfermagem Pediátrica
Neoplasias
Dor
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 108 p. ilus.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 108 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16767

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta