Processamento auditivo ee fonologico em criancas: influencia da faixa etaria e da alfabetizacao

Processamento auditivo ee fonologico em criancas: influencia da faixa etaria e da alfabetizacao

Título alternativo Auditory and phonological processing in children: influence of age and school grade
Autor Almeida, Cristina Correa de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo deste estudo foi comparar o desempenho de criancas de diferentes faixas etarias, semi-alfabetizadas e alfabetizadas, nos testes SSW em portugues e de consCiência fonologica, considerando a presenca ou nao de habilidades auditivas de localizacao sonora e/ou memoria sequencial de sons alteradas, que evidenciaram alto ou baixo risco para dificuldades escolares. Sendo assim, procuramos conhecer as influencias da faixa etaria, do grau de alfabetizacao e destas inabilidades auditivas no processamento fonologico e de sons verbais sobrepostos dicoticamente. Para tanto, foram selecionados 81 escolares do municipio de São Paulo, frequentando o ultimo estagio da pre-escola e a primeira e segunda series do ensino fundamental, com faixa etaria situada entre 5 e 9 anos. Os resultados foram analisados considerando as criancas reunidas em quatro grupos, levando-se em conta, o grau de alfabetizacao e o risco para dificuldades escolares. Observamos que a faixa etaria e o risco para dificuldades escolares influenciaram no desempenho das criancas nas diferentes condicoes de escuta do teste SSW em portugues. Verificamos pior desempenho das criancas de menor faixa etaria e das criancas de alto risco para dificuldades escolares. Este fato mostrou no primeiro caso, influencia da neuromaturacao e, no segundo caso, a co-ocorrencia de inabilidades auditivas. Verificamos, tambem, que a condicao de escuta com o maior numero de erros e, portanto, a mais dificil, foi a condicao esquerda competitiva, independente da faixa etaria, grau de alfabetizacao e risco para dificuldades escolares. No grupo de criancas de alto risco para dificuldades escolares, o desempenho alterado revelou prejuizo gnosico do tipo decodificacao. Em relacao a analise qualitativa do teste SSW em portugues, verificamos que o risco para dificuldades escolares influenciou no desempenho das criancas, revelando prejuizo gnosico do tipo codificacao (integracao) ou organizacao. Verificamos que o grau de alfabetizacao influenciou o desempenho das criancas nos diferentes tipos de tarefas do teste de consCiência fonologica com excecao da tarefa de sintese silabica. Este fato evidenciou a existencia de uma co-ocorrencia entre aquisicao da leitura e da escrita e de habilidades fonologicas. Alem disso, observamos que o risco para dificuldades escolares influenciou o desempenho de criancas alfabetizadas em tarefas de sintese e transposicao fonemica no teste de consCiência fonologica,...(au)
Palavra-chave Audição
Percepção Auditiva
Linguagem
Desenvolvimento Infantil
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 119 p. tabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 119 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16728

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta