Heparina: interação com a matriz células endoteliais e atividade antitrombótica

Heparina: interação com a matriz células endoteliais e atividade antitrombótica

Título alternativo Heparin: interaction with endothelial cells matriz a antithrombin ativit
Autor Trindade, Edvaldo da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nader, Helena Bonciani Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Heparina e drogas antitromboticas em geral estimulam, de forma especifica, a sintese do proteoglicano de heparam sulfato (PGHS) em celulas endoteliais. O efeito e composto e celula especificos. Ensaios cineticos com heparina mo que o estimulo e tempo e dose dependentes, e que esta se liga na superficie celular, sugerindo a existencia de possiveis receptores. Pelo presente trabalho, desenvolveu-se uma heparina marcada com biotina com o intuito de estudar a interacao com celulas endoteliais. A reacao de biotinilacao resultou num composto contendo uma biotina para cada residuo de acido urom'co. Essa heparina apresentou menor atividade anticoagulante (38U.I./mg), desprezivel atividade hemorragica, maior peso molecular (l8,6kDa), quando comparados com a heparina padrao, que possui 166U.I./mg, potente acao hemorragica e peso molecular de l3kDa. Essa heparina ainda, deixou de ser substrato para a heparinase e heparitinase H, porem manteve a capacidade de interacao com a Antitrombina III e a Fibronectina Os dados mostraram tambem que esta heparina e capaz de estimular a sintese de PGHS, como a heparina padrao. O(s) sitio(s) de ligacao para a heparina, nas celulas endoteliais, foram investigados utilizando-se como modelo, a heparina biotinilada em tecnicas de deteccao citoquimica e analise em microscopia confocal. Alem desta heparina, foram utilizados lectina WGA, que interage com a superficie celular e anticorpos especificos tanto para a superficie celular (anti-sindecam 4), como para a matriz extracelular (anti-fibronectina). Esses compostos foram ensaiados empregando-se tanto celulas recem-plaqueadas, sub-confluentes e confluentes, como em suspensao. Ainda a matriz extracelular livre de celulas foi investigada. Todos estes experimentos, revelaram que a ligacao da heparina biotinilada ocorreu somente nos componentes da matriz extracelular. Experimentos mantendo-se as celulas em presenca de heparina biotinilada por 22 horas, mostraram que ocorre o processo de internalizacao da mesma. Este conjunto de resultados sugere que o estimulo da sintese de PGHS, causado pela heparina possa ser independente da sua interacao com a superficie celular
Palavra-chave Proteoglicanas
Glicosaminoglicanas
Heparina
Fibrinolíticos
Endotélio
Proteoglycans
Glycosaminoglycans
Heparin
Fibrinolytic Agents
Endothelium
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 134 p. ilustabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 134 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16725

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta