Prevalencia de anemia e avaliacao nutricional antropometrica de pre-escolares de creches publicas do municipio de Natal

Prevalencia de anemia e avaliacao nutricional antropometrica de pre-escolares de creches publicas do municipio de Natal

Título alternativo Evaluating anemia prevalence and determining anthropometric nutritional indices for pre-school children from public children care centers in Natal
Autor Maia, Jussara Melo de Cerqueira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A anemia ferropriva e considerada, atualmente, o disturbio nutricional de maior prevalencia no mundo, levando a repercussoes desfavoraveis ao crescimento e desenvolvimento, ao sistema imunologico e a capacidade fisica da crianca. Estima-se que desnutricao proteico-energetica, outro importante disturbio nutricional acometa 113 das criancas pre-escolares do terceiro mundo. Objetivou se, com esse estudo, determinar a prevalencia de anemia e avalia antropometricamente pre-escolares do municipio de Natal. Fora estudadas 320 criancas menores de 60 meses, frequentadoras d creches publicas. A prevalencia de anemia determinada atraves d concentracao de hemoglobina (Hb <11 g/dL) e pelo nivel serico d hematocrito (Ht < 32 por cento) foi de, respectivamente, 17,2 por cento e 14 por cento Quando foram utilizados os indices hematimetricos: Volume Corpuscular Medio, Hemoglobina Corpuscular Media e Concentracao da Hemoglobina Corpuscular Media, os percentuais de anemia detectados foram, respectivamente, 22 por cento, 20,6 por cento e 4,4 por cento. Baseado no nivel de ferritina serica (< 10 m/dl), o percentual encontrado de criancas com defiCiência de ferro foi de 27,5 por cento. Nas criancas com defiCiência de ferro, foi observado que 67 por cento delas ainda nao apresentavam anemia, reforcando ser a anemia o estagio final daquela defiCiência. Anemia foi encontrada em 20,7 por cento das criancas na faixa etaria de 12 a 36 meses, e em 8,5 por cento de 36 a 60 meses, valores este com diferenca estatisticamente significante. A media de adequacao do conteudo de ferro dos cardapios oferecidos nas creches foi de 88 por cento Quanto a avaliacao antropometrica, tendo sido utilizados os escores dos indicadores peso/idade, estatura/idade e peso/estatura, o percentuais de desnutricao encontrados foram, respectivamente 7,8 por cento, 15 por cento e 2,8 por cento. Foi observado maior percentual de anemia na criancas desnutridas, quando comparadas as eutroficas, com diferenca estatisticamente significante para o indicador peso/idade. mesmo nao aconteceu quando foram utilizados os indicadores estatura/idade e peso/estatura. Houve associacao significante entre baixo-peso ao nascimento e desnutricao cronica (baseada no indicador estatura/idade), nao tendo sido observada, no entanto associacao do mesmo com anemia. Os indices de anemia desnutricao encontrados em Natal- Rio Grande do Norte, sao menores que os de outras...(au
Palavra-chave Anemia Ferropriva
Antropometria
Prevalência
Pré-Escolar
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 128 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 128 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16706

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta