Estudos da sensibilidade antimicrobiana de Staphylococcus coagulase negativa e caracterizacao de isolados com sensibilidade dimunuida aos glicopeptideos

Estudos da sensibilidade antimicrobiana de Staphylococcus coagulase negativa e caracterizacao de isolados com sensibilidade dimunuida aos glicopeptideos

Título alternativo antimicrobial susceptibility coagulase-negative staphylococci and caracterization of isolates with reduced susceptibility to glycopeptides
Autor Del'Alamo, Lilian Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Foi avaliado a sensibilidade antimicrobiana de 239 Staphylococcus coagulase negativa (SCN) isolados consecutivamente de hemoculturas de pacientes internados no Hospital São Paulo (Escola Paulista de Medicina UNIFESP). A identificacao da especie foi feita pelo MicroScan Positive Combo Panei type 6 system e confirmada por metodos convencionais. As sensibilidades para oxacilina, teicoplanina e vancomicina foram avaliadas por diluicao em agar, difusao com discos e sistema automatizado MicroScan. A distribuicao de especies foi a seguinte: 120 (50,2 por cento) Staphylococcus epidermidis, 28 (l2,1 por cento) S. hominis, 24 (l0,O por cento) S. haemolyticus, 14 (5,9 por cento) S. cohnii e 52 (21,8 por cento) outras especies. A porcentagem de resistencia a oxacilina pelo metodo de diluicao em agar foi de 74,5 por cento, sendo que as especies mais resistentes foram: S. haemolyticus (95,8 por cento) e S. epidermidis (80,8 por cento). Resistencia a teicoplanina (MIC u32 mg/mL) foi detectada em 5 amostras de S. haemoliyticus, enquanto resistencia intermediaria (MIC = 16 mg/mL) foi detectada em 9 amostras no total. Estes isolados com sensibilidade diminuida a teicoplanina foram resistentes a oxacilina, mas permaneceram sensiveis a vancomicina (MIC < 4 mg/mL). Dois isolados, um de S. haemolyticus e um de S. epidermidis, apresentaram resistencia intermediaria a vancomicina (MIC = 8 mg/mL), e foram classificados como sensiveis pelos metodos automatizados e difusao com discos. A comparacao dos metodos diluicao em agar (padrao ouro) e difusao com discos mostrou 10,1 por cento e 80,0 por cento de erros muito graves (falsa sensibilidade) para oxacilina e teicoplanina respectivamente. A tipagem molecular foi feita por pulsed field gel electroforesis (PFGE) e mostrou 6 diferentes padroes entre 8 isolados de S. haemolyticus com sensibilidade diminuida aos glicopeptideos, indicando que a aquisicao de resistencia esta principalmente relacionada ao aparecimento de mutantes resistentes por pressao seletiva. Apenas um padrao foi encontrado em mais de um paciente, indicando transmissao de paciente para paciente. Nossos resultaos mostram que a resistencia aos glicopeptideos e emergente entre SCN em nossa instituicao e os testes de sensibilidade mais utilizados (disco difusao e metodo automatizado) podem nao detectar isolados com diminuicao de sensibilidade a estes agentes antimicrobiano
Palavra-chave Staphylococcus
Glicopeptídeos
Vancomicina
Teicoplanina
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 86 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 86 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16686

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta