Avaliacao do pico de consumo de oxigenio e do limiar anaerobico na fibromialgia

Avaliacao do pico de consumo de oxigenio e do limiar anaerobico na fibromialgia

Título alternativo Evaluate maximum oxygen uptake and anaerobic threshold in fibromyalgia
Autor Cristo, Valeria Valim Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Os flbromialgicos sao considerados descondicionados aerobicamente segundo criterios de classificacao do American Heart Association. Estudos previos falharam em demonstrar diferenca em relacao a um grupo controle normal. O objetivo deste estudo foi comparar o consumo de oxigenio maximo e do limiar anaerobio de fibromialgicos com controles sedentarios saudaveis pareados para idade, sexo, peso e indice de massa corporea. Cinquenta mulheres flbromialgicas e 50 controles sendentarias saudaveis, entre 18 e 60 anos de idade foram incluidas. Para determinacao do limiar anaerobio e do pico de consumo de oxigenio, todas foram submetidas a um teste de esforco maximo com cargas crescentes em esteira rolante. O gas expirado foi analisado no sistema metabolico VISTA CPX (VACUMED, EUA). A qualidade de vida dos pacientes foi medida pelos questionarios: Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ) e Short-Forrn Healthy Survey (SF-36). A analise estatistica utilizou o teste t e de Mann Whitney para comparacao de medias e a analise de regressao linear para estudar a correlacao entre qualidade de vida e aptidao fisica. Os fibromialgicos apresentaram o consumo de oxigenio do limiar e de pico significantemente menores que controles. A frequencia cardiaca maxima foi menor nos pacientes indicando que realizaram um teste submaximo. O dominio 44 aspectos fisicos do SF-36 relacionou-se a um menor pico de consumo. Nenhum parametro de qualidade de vida se correlacionou com o limiar anaerobio. Assim, concluimos que os fibromialgicos sao mais sedentarios que sedentarios normais; e que, o limiar anaerobio e um parametro de aptidao fisica mais fidedigno e deve ser o preferido na flbromialgia, pois independe da motivacao, tem boa reprodutibilidade e nao requer esforco maximo para sua obtencao
Palavra-chave Fibromialgia
Consumo de Oxigênio
Aptidão Física
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 91 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 91 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16666

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta