Receptores muscarinicos em celulas de sertoli de rato

Show simple item record

dc.contributor.author Borges, Marilene Oliveira da Rocha [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:00:49Z
dc.date.available 2015-12-06T23:00:49Z
dc.date.issued 2000
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2000. 114 p. ilus.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16659
dc.description.abstract O objetivo do presente trabalho foi caracterizar os receptores muscarinicos nas celulas de Sertoli de rato. Cultura primaria de celulas de Sertoli foram obtidas de ratos com 30 dia de idade. O ensaio da transcriptase reversa seguido da reacao em cadeia da polimerase (RT-PCR) foi realizado com DNA complementar obtido a partir do RNA mensageiro das celulas de Sertoii e primers especificos para os cinco subtipos de receptor muscarinico. Foram amplificados a produtos de tamanhos especificos correspondendo aos cinco subtipos: m1 = 641 -, m2 = 552; m3 = 790; m4 = 51O e m5 = 451 pares de bases. Pelo ensaio de protecao a ribonuclease (RPA), utilizando ribosondas produzidas a partir de sequencia distinta entre os cinco subtipos de receptores muscarinicos, localizada na terceira alca intracitoplasmatica do receptor, foram detectados quatro transcritos para os receptores muscarinicos, correspondentes aos subtipos m1 = 377; m2 = 547; m3 = 687 e m4 = 519 nucleotideos. Nas condicoes utilizadas neste ultimo ensaio, o transcrito m5 nao foi detectado. Os estudos de saturacao foram realizados em celulas de Sertoli incubadas com o [3H]Quinuclidinyl benzilate ([3H]QNB) (O,1 nM a 4 nM), por 2 horas a 4§ C, na ausencia (ligacao total) e na presenca (ligacao inespecifica) de atropina (l nM). A ligacao do [3H]QNB as celulas de Sertoli foi especifica, saturavel, dependente de tempo e temperatura de incubacao. A analise de Scatchard revelou a presenca de um unico sitio de ligacao para o @HIQNB, com uma constante de dissociacao (KD = 1,78 n O,32 nM) e densidade de receptores (Bmax) = 221,0 n 20,0 fmol/mg de proteina. O antagonista muscarinico, atropina (nao seletivo), deslocou a ligacao especifica do [3H]QNB e a melhor curva que se ajustou aos dados foi uma sigmoide complexa, com um coeficiente de Hill de O,47 n O,09, sugerindo a presenca de mais de um sitio de ligacao e/ou estado de afinidade diferente de um mesmo sitio de ligacao. Os valores de PKi para a atropina foram 7,9 n O,80 e 3,3 n O,23. O acumulo intracelular de AMP ciclico induzido pelo forskolin (lO-5 M) foi determinado na ausencia e presenca do carbacol (lO-3 M) e diferentes antagonistas muscarinicos. O forskolin, que estimula diretamente a enzima adenililciclase, produziu um aumento, dependente da concentracao, no conteudo intracelular de AMP ciclico. O aumento de AMP ciclico, induzido pelo forskolin (1O-5 M), foi reduzido pelo carbacol 10-5M, 10-4M e 10-3 M de 23 por cento,...(au) pt
dc.format.extent 114 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Células de Sertoli pt
dc.subject Receptores Muscarínicos pt
dc.subject AMP Cíclico pt
dc.subject Fosfatos de Inositol pt
dc.subject Fator de Transcrição AP-1 pt
dc.title Receptores muscarinicos em celulas de sertoli de rato pt
dc.title.alternative Muscarinic acetylcholine receptors in sertori cells en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-016393.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account