Variações na amplitude das emissões otoacústicas por produto de distorção durante a curva glicêmica e insulinêmica

Variações na amplitude das emissões otoacústicas por produto de distorção durante a curva glicêmica e insulinêmica

Título alternativo Changes in distortion product otoacustic emissions amplitudes during oral glucose/insulin tolerance test
Autor Murbach, Valmir de Freitas Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Caovilla, Heloisa Helena Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Neste trabalho foram monitorizadas as emissoes otoacusticas por produto de distorcao (EOAsPD) durante a realizacao de curvas glicemicas e insulinemicas de tres horas. Foram avaliados 51 pacientes adultos (1O2 orelhas), sendo 41 do sexo feminino e 10 do sexo masculino, nos tempos jejum, 30', 60', 90', 120' e 180' apos inGestão de 75g de glicose. Os pacientes foram agrupados de acordo com a glicemia, insulinemia e razao insulinemia/glicemia, e os resultados, submetidos a avaliacao estatistica. Concluiu-se que: - Ha variacao na amplitude das EOASPD dos grupos femininos com hipoglicemia, normoglicemia, hiperglicemia, normoinsulinemia e hiperinsulinemia; e dos grupos masculinos com hipoglicemia, hiperglicemia, normoinsulinemia e hiperinsulinemia durante a curva glicemica e insulinemica de tres horas. - As amplitudes das EOASPD das orelhas D e E sao semelhantes. - As amplitudes das EOASPD dos sexos feminino e masculino nao sao semelhantes. - As frequencias com maior variacao da amplitude das EOASPD sao 3.5OOHz, 3.937Hz e 5.562Hz. - O grupo de mulheres com hiperinsulinemia apresenta, no decorrer do exame, variacao negativa da amplitude das EOASPD nas frequencias de 562Hz,, I.25OHz,, I.562Hz, 2.5OOHz e 3.093Hz. O grupo de mulheres com normoinsulinemia apresenta variacao positiva da amplitude das EOASPD nas mesmas frequencias. - O grupo de homens com hiperinsulinemia apresenta, no decorrer do exame, variacao negativa da amplitude das EOASPD nas frequencias de 78lHz e 2.128Hz. O grupo de homens com normoinsulinemia apresenta variacao positiva da amplitude das EOASPD nas mesmas frequencias
Palavra-chave Humanos
Emissões otoacústicas espontâneas
Cóclea
Glucose
Insulina
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 139 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 139 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16654

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta