Sistema de vigilância alimentar e nutricional, uma alternativa viável para o Estado de São Paulo

Sistema de vigilância alimentar e nutricional, uma alternativa viável para o Estado de São Paulo

Título alternativo Nutrition and alimenmtary vigilance system: a intersting proposal for São Paulo
Autor Pereira, Renato Tardelli Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Queiroz, Suzana de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O Sistema de Vigilancia Alimentar e Nutricional (SISVAN), vem sendo implementado, tanto no Estado de São Paulo, como no Brasil, porem como a metodologia adotada nao e, de fato, unica, tem perdido poder de comparabilidade, e portanto, de discriminacao de areas de risco, alem de, independente da tecnica disponivel adotada, nao apresentar capacidade de desenhar um modelo explicativo para os agravos nutricionais da regiao estudada. Este trabalho estuda a correspondencia entre as 5 regioes administrativas de Saúde do Estado de São Paulo ( CRS I, CRS2, CRS3, CRS4 e CRS5), segundo conjunto de caracteristicas socio-economicas capaz de agrupar os municipios em 5 tipos(urbano denso, urbano em expansao, intermediario, rural pobre e rural muito pobre) e o comportamento ordinal dos tipos e das regioes encontradas no Estado de São Paulo, considerando a desnutricao energetico-proteica e anemia, tanto em pre-escolares, como em gestantes. A principal caracteristica da divisao do Estado de São Paulo, em regioes administrativas de Saúde, e a vizinhanca. Ja a tipificacao adotada considera as oportunidades familiares territoriais e a possibilidade da compreensao de modelo explicativo para os agravos nutricionais. A facilidade da utilizacao de modelos explicativos, segundo tipo socio-economico, deve resgatar o SISVAN como tecnica factivel. Foram avaliadas, em unidades basicas de Saúde publica do Estado de São Paulo, 4806 gestantes, para verificacao do ganho de peso em relacao a altura para a idade gestacional, entre 10 e 42 semanas de gestacao. Do total de gestantes, 1715 foram randomicamente sorteadas para realizarem o teste de verificacao da presenca de anemia. Foram tambem avaliadas, para verificacao da relacao do peso/idade, 8263 criancas no grupo etario compreendido entre 6 e 59 meses. Do total de criancas, 3042 foram randomicamente sorteadas para realizarem o teste de verificacao da presenca de anemia. Observou-se clara correspondencia entre as regioes administrativas de Saúde, os tipos socio-economicos e condicao nutricional, sendo a CRSI tipificada em Urbano denso e Urbano em expansao e correspondendo com eutrofia em pre-escolares e nao anemicos em gestantes. A CRS5 e tipificada em Rural muito pobre, correspondendo com desnutricao e anemia em pre-escolares e obesidade e anemia em gestantes. A CRS2 e tipificada como Rural muito pobre, correspondendo com desnutricao e anemia em pre-escolares e baixo peso...(au)
Palavra-chave Vigilância nutricional
Anemia ferropriva
Estado nutricional
Criança
Gravidez
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 172 p. ilustabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 172 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16646

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta