Aspectos da transducao de sinal na invasao elular de formas metaciclicas de Trypanosomacruzi

Aspectos da transducao de sinal na invasao elular de formas metaciclicas de Trypanosomacruzi

Título alternativo Signal transduction during the cell invasion by metaciclic forms of Trypanosoma cruzi
Autor Favoreto Junior, Silvio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Neste estudo foi investigado o papel dos residuos sialil da glicoproteina de 35/5OkDa das formas metaciclicas de T cruzi no processo de invasao das celulas de mamifero. Apos o tratamento de formas metaciclicas da cepa G com neuraminidase bacteriana, o percentual de invasao foi superior ao observado nos controles nao tratados. O tratamento enzimatico aboliu a reatividade dos parasitas com o anticorpo 3C9 que reconhece epitopos contendo acido sialico, em contrapartida, a reatividade com lOD8 foi preservada. Ressialilacao de gp35/50, por incubacao dos parasitas com transialidase e sialil lactose, restaurou a reatividade com o anticorpo 3C9 assim como com a lectina especifica para acido sialico. A capacidade de invasao dos parasitas ressialilados foi comparavel aos controles antes da dessialilacao, corroborando o conjunto de dados. Gp35/50 purificada, dessialilada pelo tratamento com neuraminidase, liga-se de forma mais efetiva a celula hospedeira quando comparado ao controle nao tratado. Analisando os dados de mobilizacao de calcio intracelular na celula hospedeira, as preparacoes de parasitas e mucina purificada dessialilados induzem elevacao de calcio significativamente maior que os controles nao tratados, em concordancia com os dados de invasao. Modificacao dos indices de invasao ou na sinalizacao de calcio nao foram observados quando do tratamento de tripomastigotas metaciclicos da cepa CL, que apresenta uma mucina variante, aparentemente nao implicada no processo de invasao. Tambem foi examinada neste trabalho a dinamica de fosforilacao de residuos tirosina em T. cruzi requerida para o processo de invasao. Tripomastigotas metaciclicos e de cultivo de tecidos tratados com genisteina, um inibidor da atividade tirosina quinase, tem menor capacidade de invasao de celulas quando comparados aos controles nao tratados. Um fator soluvel contido no extrato de celulas HeLa e ausente no extrato de celulas K562, as quais sao resitentes a invasao por T cruzi, promove a fosforilacao de uma proteina de 175kDa (pl75) em tripomastigotas. Pl75 mostrou-se sensivel a genisteina e ausente em formas epimastigotas. A atividade indutora de fosforilacao foi abolida pela previa adsorcao com extrato de formas metaciclicas ou com Jl8, a proteina recombinante que contem a sequencia completa de gp82, uma glicoproteina especifica de formas metaciclicas implicada no processo de invasao celular. O mesmo ...(au)
Palavra-chave Trypanosoma cruzi
Ácido N-Acetilneuramínico
Fosforilação
Glicoproteínas de Membrana
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 75 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 75 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16631

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta