Escherichia coli enteroaderente e diarreia aguda e persistente em crianças: um estudo prospectivo de casos e controles em São Paulo

Escherichia coli enteroaderente e diarreia aguda e persistente em crianças: um estudo prospectivo de casos e controles em São Paulo

Título alternativo Adherente Escherichia coli and persistent diarrhea in infants: a prospective study of cases and controls
Autor Carvalho, Rozane de Lima Bigelli Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Quatro padroes de adesao a celulas epiteliais tem sido descritos em amostras de Escherichia coli causadoras de diarreia: adesao localizada (AL), adesao difusa (AD), adesao agregativa (AA) e adesao localizada like (ALL). A maioria dos trabalhos descritos na literatura e concordante em que somente as amostras apresentando o padrao AL (EPEC tipica) estao associadas com diarreia. Tem sido tambem demonstrado que a adesao do tipo AL e especifica dos sorotipos de EPEC associados a diarreia infantil. Amostras apresentando o padrao AD (DAEC) ou o padrao ALL (EPEC atipica), podem estar ou nao associados a diarreia. Amostras de EAEC poderiam estar relacionadas a diarreia persistente, embora em alguns estudos essas amostras tenham sido encontradas em portadores assimptomaticos. Este estudo teve como objetivo analisar a associacao entre os diferentes padroes de adesao de E. coli as celulas HEp-2 com diarreia aguda e persistente. Foram analisadas 40 criancas com diarreia, abaixo de 2 anos de idade, internadas para terapia de reidratacao nos hospitais São Paulo e Darcy Vargas, em São Paulo / SP. Como controles, foram utilizadas fezes de quarenta criancas pareadas por faixa etaria, internadas nestes mesmos hospitais, sem apresentarem quaisquer sintomas gastrointestinais nos trinta dias que precederam a coleta de suas fezes. Foram pesquisados os seguintes enteropatogenos: E. coli causadora de diarreia, Shigella, Salmonella, Yersinia enterocolitica, Campylobacter, Rotavirus, Adenovirus enterico e protoparasitas. Nas amostras de E. coli isoladas foram pesquisados os padroes de adesao (AL, AD, AA, ALL) as celulas HEp-2 e a homologia de seu DNA com as sondas de DNA para AL (EAF, eaeA), AA (sonda EAEC) e AD (sondas Fl845 e AIDA-I). Dos 40 casos de diarreia estudados, 28 apresentaram diarreia aguda (tempo maximo de duracao: 14 dias) e 12, diarreia persistente (tempo de duracao: acima de 14 dias). Os padroes AL e AA foram detectados em amostras de E. coli isoladas de casos de diarreia aguda e persistente com frequencia semelhante, nao tendo sido observados nos controles. Um total de 11,2 por cento amostras de E. coli isoladas foram EPEC tipicas (AL+, eaeA+, EAF+); 5,0 por cento foram EAEC (AA+) e hibridizaram com a sonda genetica EAEC. As amostras de E. coli que apresentaram adesao do tipo AD (DAEC) nao hibridizaram com as sondas geneticas para AD e sua frequencia foi semelhante tanto em casos (1O,O por cento), quanto em controles (7,5 por cento). Amostras ...(au)
Palavra-chave Escherichia coli
Diarreia
Aderência Bacteriana
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 91 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 91 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16629

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta