Contribuicao do ultra-som intracoronario como metodo guia para o implante otimo do stent de Palaz-Schatz em 1196 pacientes consecutivos

Contribuicao do ultra-som intracoronario como metodo guia para o implante otimo do stent de Palaz-Schatz em 1196 pacientes consecutivos

Título alternativo Contribuition of intravascular ultrasound to guide Palmaz-Schatz stent implantation in 1096 consecutive patients: impact on clinical restenosis
Autor Abizaid, Alexandre Antonio Cunha Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Os stents representaram avanco importante no tratamento percutaneo da doenca arterial coronaria, demonstrando, em geral resultados melhores do que os da angioplastia com balao. Com a difusao crescente dos stents, o problema da restenose intra-stent evidenciou-se em toda sua dimensao. Alem de provocar recorrencia dos sintomas e exigir reinternacao hospitalar, sua abordagem terapeutica e mais complexa e mais onerosa do que a do balao. Por isso, grandes esforcos tem sido feitos no sentido de reduzir sua incidencia. Da analise das diferentes experiencias com uso de stents, identificaram-se inumeros fatores com valor prognostico para restenose intra-stent, sendo o resultado obtido imediatamente apos o procedimento o principal deles, e diretamente relacionado as taxas de restenose. O ultra-som intracoronario (US) e um metodo importante para monitorar o perfeito implante dos stents, devido a aquisicao de imagens tomograficas do vaso. Alguns estudos randomizados (ER) revelaram que o emprego do US como metodo-guia reduz em 20 por cento a 40 por cento as taxas de restenose pos-stent. No entanto, esses ER tem criterios de inclusao rigidos e nao representam a populacao da pratica clinica. Por esta razao, decidimos investigar o valor do US para guiar o implante otimo de stents, em uma grande serie de pacientes consecutivos da rotina hospitalar, sob a hipotese de que este metodo seria util para proporcionar resultados tardios de excelencia tambem em uma populacao de maior complexidade. Para testar essa hipotese, pesquisamos, como objetivos principais, as taxas de revascularizacao da lesao-alvo (RIL4) e de eventos cardiacos maiores - ECM - (infarto, revascularizacao e obito), no periodo de um ano de evolucao. Como objetivos secundarios, verificamos a seguranca do metodo (complicacoes com o uso do US) e os fatores com valor prognostico evolutivoa(au)
Palavra-chave Ultrassonografia de Intervenção
Stents
Implante de Prótese Vascular
Angioplastia
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 137 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 137 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16580

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta