Avaliação da atividade opsonizante para Streptococcus pneumoniae do soro de indivíduos sadios, imunizados com a vacina polissacarídica polivalente

Avaliação da atividade opsonizante para Streptococcus pneumoniae do soro de indivíduos sadios, imunizados com a vacina polissacarídica polivalente

Título alternativo The functional activity of opsonophagocytosis against the pneumococcus, serotype 14, was analysed in the serum samples of individuals, immunized with the valent polysaccharide vaccine
Autor Mantese, Orlando Cesar Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Farhat, Calil Kairalla Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Foi avaliada a atividade de opsonofagocitose dos anticorpos sericos contra o antigeno polissacaridico capsular do pneumococo, sorotipo 14, em amostras de soro pre e pos vacinais, de 60 individuos sadios, imunizados com a vacina 23 valente, atualmente disponivel. Os individuos foram distribuidos em faixas de idade de seis a 12, 13 a 23, 24 a 36, 48 a 60 e 100 a 144 meses e, de 18 a 37 anos. Para a avaliacao funcional foi adotado um metodo de contagem de bacterias viaveis, apos plaqueamento, que emprega como fagocitos, celulas humanas da linhagem HL-60 diferenciadas. Simultaneamente, as concentracoes de anticorpos foram determinadas pelo metodo de ELISA, nas mesmas amostras de soro. Houve uma correlacao positiva e significante entre o aumento na concentracao de anticorpos e no titulo de opsonofagocitose, nos individuos com idade acima dos 48 meses; naqueles abaixo de 12 meses, nao houve aumento significante na concentracao de anticorpos e nem na capacidade opsonizante. No grupo etario de 13 a 23 meses, a vacinacao nao induziu um aumento significante na concentracao de anticorpos, mas por motivos nao elucidados, foi capaz de promover um aumento expressivo na capacidade de opsonizacao. Nas criancas com idade de 24 a 36 meses, a vacina induziu um aumento significante na concentracao de anticorpos nao acompanhado pelo aumento na atividade de opsonizacao, tambem por motivos nao elucidados. O emprego combinado destes ensaios padronizados, de ELISA e de opsonofagocitose, pode ser util para avaliar a resposta a imunizacao com a vacina polissacarldica atualmente disponivel ou com a vacina conjurada, ora em fase final de experimentacao. Contudo, a ampliacao deste e de outros estudos devera contribuir para elucidar questoes ainda nao esclarecidas e confirmar ou nao a reprodutibilidade do ensaio
Palavra-chave Streptococcus pneumoniae
Vacinação
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 200 p. tabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 200 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16539

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta