Rinometria acústica na avaliação de pacientes entre 7 e 13 anos de idade com obstrução nasal por rinite cronica hipertrófica não infecciosa

Show simple item record

dc.contributor.advisor Weckx, Luc Louis Maurice [UNIFESP]
dc.contributor.author Carlini, Daniela [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:00:39Z
dc.date.available 2015-12-06T23:00:39Z
dc.date.issued 1999
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 1999. 76 p. ilustab.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16516
dc.description.abstract A rinometria acústica é um método de avaliação da cavidade nasal por meio de ondas sonoras que fornece medidas de áreas transversais nasais, a distância dessas áreas até a narina e o volume nasal expressos em gráficos denominados de rinogramas. Foi, a rinometria acústica, pré e pós uso de vasoconstritor tópico, utilizada para avaliar 40 pacientes de 7 e 13 anos de idade com queixa de obstrução nasal devido a rinite crônica hipertrófica não infecciosa. Os pacientes foram selecionados de acordo com a história, exame físico otorrinolaringológico e exame da cavidade nasal por fibra óptica flexível. Todos apresentavam hipertrofia das conchas inferiores que ocupava parcialmente a cavidade nasal. Os rinogramas foram analisados de dois modos: de maneira convencional ou método convencional, que dá dois resultados de áreas transversais mínimas (MCAL e MCA2), com suas respectivas distâncias; e de maneira modificada ou método modificado onde observou-se a presença de quatro constrições ao longo do rinograma (1C, 2C, 3C e 4C), com suas respectivas distâncias até a narina. Também foi realizada a comparação dos dois métodos. Chegou-se às seguintes conclusões para este grupo de pacientes: pelo método convencional , a MCAL pós vasoconstritor encontra-se mais anteriorizada; o método modificado mostrou 4 áreas transversais ao longo da cavidade nasal distintas entre si tanto para as áreas como para as distâncias até a narina; a comparação dos resultados pré e pós o uso do vasoconstritor tópico para o método modificado mostrou que a distância de 2C variou e que a área de 1C permaneceu inalterada e quando comparou-se os dois métodos encontrou-se que os valores das distâncias de 1C e de MCAL são diferentes entre si, isso também ocorreu com 2C e MCA2 pt
dc.format.extent 76 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Humanos pt
dc.subject Criança pt
dc.subject Rinite pt
dc.subject Conchas Nasais pt
dc.subject Cavidade Nasal pt
dc.title Rinometria acústica na avaliação de pacientes entre 7 e 13 anos de idade com obstrução nasal por rinite cronica hipertrófica não infecciosa pt
dc.title.alternative Acustic rhimometry to avaliation in patients with age between 7 to 13 years old with nasal obstruction due hiperthrofic cronic rinitis en
dc.type Dissertação de mestrado
dc.identifier.file epm-016236.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
dc.subject.decs Humanos pt
dc.subject.decs Criança pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account