Estudo anatômico da vascularização cutânea do dorso dos dedos e sua aplicação no retalho desepidermizado do homodigital

Estudo anatômico da vascularização cutânea do dorso dos dedos e sua aplicação no retalho desepidermizado do homodigital

Título alternativo Anatomical study on cutaneous vascularization of the dorsal region of fingers and the principal applied to the homodigital desepidermized flap
Autor Braga Silva, Jefferson Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Faloppa, Flávio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O autor apresenta o estudo anatomico da vascularizacao cutanea do dorso dos dedos - 144 digitos - e sua aplicacao no retalho desepidermizado homodigital - 22 pacientes -. Foram utilizados 18 cadaveres, nao-formolizados, com distribuicao equitativa entre os dedos indicador, medio, anular e minimo. A idade media foi de 58 anos e 7 meses (extremos 47 e 76 anos), 88,9 por cento eram do sexo masculino e 55,6 por cento corresponderam a raca branca. A analise estatistica dos resultados demonstrou a existencia de dois ramos constantes ao nivel da falange proximal e media provenientes de cada arteria colateral palmar, formando um sistema anastomotico dorsal ao nivel das articulacoes metacarpofalangicas, interfalangicas proximais e distais. A serie clinica correspondeu a 22 pacientes que apresentavam perda de substancia ao nivel dorsal dos dedos. A idade media foi de 24 anos e 6 meses (extremos 6 e 67 anos), 68,2 por cento eram do sexo masculino. O agente etiologico mais frequente foi a queimadura (54,5 por cento), seguindo-se o esmagamento com 31,9 por cento. O dedo medio foi mais frequentemente acometido com 45,8 por cento e a falange media com 46,9 por cento. O retalho foi sempre homodigital, proximal a perda de substancia,, desepidermizado, transposto sobre a perda de substancia e posterior enxertia de pele parcial sobre o retalho. O tamanho medio dos 24 retalhos variou de acordo com a perda de substancia. Ao metacarpo -5 casos, 49xl7 mm; a falange proximal -11 casos, 24xl6 mm; e, a falange media -8 casos, l2xl4 mm. Foi constatado em um caso, necrose de 15 por cento da superficie total do enxerto de pele. Baseado nesses resultados anatomicos e clinicos o autor conclui que e possivel a realizacao de um retalho desepidermizado homodigital as perdas de substancia cutanea da face dorsal dos dedos
Palavra-chave Traumatismos dos Dedos
Retalhos Cirúrgicos
Dedos/anatomia & histologia
Dedos/irrigação sanguínea
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 161 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 161 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16488

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta