Avaliação do perfil de sensibilidade a antimicrobianos e tipagem molecular de Pseudomonas aeruginosa isoladas de pacientes portadores de fibrose cística

Avaliação do perfil de sensibilidade a antimicrobianos e tipagem molecular de Pseudomonas aeruginosa isoladas de pacientes portadores de fibrose cística

Título alternativo Molecular typing and antimicrobial susceptibility of Pseudomonas aeroginosa from cystic fibrosis patients
Autor Silbert, Suzane Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Sader, Helio Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A colonizacao cronica do trato respiratorio pela Pseudomona aeruginosa em pacientes com fibrose cistica (FC) pode variar significativamente de acordo com os fatores geograficos e biologicos de cada lugar. O objetivo deste estudo foi acessar a diversidade e a variabilidade dos isolados de P. aeruginosa colonizadores do trato respiratorio de pacientes com FC atendidos em um Hospital Universitario no Sul do Brasil. Noventa e sete isolados de P. aeruginosa de 43 pacientes com FC foram caracterizados pela analise do DNA cromossomal, atraves da tecnica do PFGE e pelo teste de sensibilidade a 20 antibioticos, realizado atraves da tecnica de microdiluicao. Foi possivel avaliar multiplos (dois a sete) isolados de 23 pacientes, colhidos durante um periodo de 22 meses, e um isolado de cada um dos outros 20 pacientes. Entre os multiplos isolados de um mesmo paciente foram identificados 37 padroes de macrorestricao, com cinco resultados diferentes: (i) Dez pacientes (43,5 por cento) com um periodo medio de acompanhamento de sete meses (tres a 17 meses), apresentaram um unico genotipo com o padrao de macrorestricao conservado ao longo do tempo; (ii) Dois pacientes (8,7 por cento) com um periodo medio de acompanhamento de 10 meses (nove a 11 meses) apresentaram um unico genotipo com uma pequena variacao clonal ao longo do tempo; (iii) Um paciente (4,4 por cento) acompanhado durante um periodo de 14 meses apresentou dois genotipos diferentes, mas com os padroes de macrorestricao conservados ao longo do tempo. Cada um destes genotipos foi identificado duas vezes ao longo destes 14 meses; (iv) Cinco pacientes (21,7 por cento) com um acompanhamento medio de 13 meses (Nove a 19 meses), apresentaram dois padroes de macrorestricao distintos, isolados em datas diferentes. Um deles foi identificado uma unica vez e o outro foi identificado no minimo duas vezes; (v) Cinco pacientes (21,7 por cento) com um acompanhamento medio de nove meses (dois a 13 meses) apresentaram no minimo dois e no maximo quatro padroes moleculares diferentes nos isolados clinicos colhidos ao longo do tempo. Entre todos os pacientes nao relacionados foi possivel observar o mesmo genotipo em apenas dois pacientes diferentes. Os isolados de P. aeruginosa se mostraram altamente sensiveis aos antibioticos utilizados no tratamento de infeccoes causadas pela P. aeruginosa e as amostras mucoides foram significativamente (p<O,OOl) mais resistentes do que as nao-mucoides, aos seguintes antibioticos:...(au)
Palavra-chave Pseudomonas aeruginosa
Fibrose cística
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 92 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 92 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16486

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta