Construção de plasmídeo recombinante prostato específico e controlador de transcrição, para a avaliação de expressão do gene Pten como supressor tumoral

Construção de plasmídeo recombinante prostato específico e controlador de transcrição, para a avaliação de expressão do gene Pten como supressor tumoral

Título alternativo Construction of a prostate specific recombinant plamid with overexpression control of the Pten as a tumor supressor gene
Autor Gattas, Nelson Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Srougi, Miguel Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Inumeras investigacoes estao sendo realizadas, visando a obtencao de novas modalidades terapeuticas eficientes e seguras para o tratamento do cancer da prostata. Nesse sentido, idealizamos um modelo experimental de terapia genica que teve por objetivo a construcao de um plasmideo recombinante, para avaliar a expressao do gene supressor tumoral produtor da proteina tensina PTEN, com a transfeccao em celulas de linhagem tumoral prostatica PC3 (Prostate Cancer 3). No processo de construcao do plasmideo plRES (intern ribosome entry sites), inseriu-se o promotor probasin, que tem como caracteristica promover a especificidade de transcricao somente em celulas de tecido prostatico, o mecanismo de controlador de transcricao Tet on-off e um gene reporter produtor de fosfatase alcalina (SEAP). A eficacia do controle da transcricao foi demonstrada pelo aumento 30 vezes maior da producao de fosfatase alcalina em meio seletivo apropriado. Os resultados obtidos permitiram a substituicao no plasmideo do gene reporter SEAP pelo gene de interesse PTEN. Celulas PC3 foram transfectadas com o plasmideo recombinante e semeadas em meios seletivos para a expressao do gene PTEN. Alteracoes no comportamento biologico dessas celulas decorrentes da expressao do PTEN foram avaliadas pela velocidade de divisao celular, pelo potencial de formacao de clones in vitro e pela inducao do crescimento tumoral em ratos imunodeprimidos in vivo. Celulas PC3 expressando PTEN, in vitro demonstraram reducao de 50 por cento na velocidade de divisao celular e 25 por cento no potencial de formacao de clones e in vivo revelaram reducao em 50 por cento do volume quando comparadas as celulas PC3 selvagens. Com os resultados obtidos pudemos concluir que: (1) o mecanismo Tet On-Off utilizado foi eficaz no controle de transcricao do sistema, (2) a reducao da velocidade de divisao, o potencial de formacao de clones e a inducao do crescimento tumoral parecem indicar significante contribuicao do gene PTEN na agressividade das celulas tumorais prostaticas PC3. Esses dados sao consistentes com a possibilidade do gene PTEN ser supressor tumoral. Esse estudo indica que outros trabalhos na area sao plenamente justificados para que em futuro proximo seja possivel a aplicacao de terapia genica na pratica medica
Palavra-chave Neoplasias da próstata
Terapia genética
Regulação da expressão gênica
Genes supressores de tumor
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 70 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 70 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16461

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta