Metaplasia intestinal especializada da juncao esofago-gastrica: prevalencia, diagnostico e associacoes

Metaplasia intestinal especializada da juncao esofago-gastrica: prevalencia, diagnostico e associacoes

Título alternativo Specialized intestinal metaplasia of the esophagogastric junction: prevalence, diagnostic and associations
Autor Ferreira, Lincoln Eduardo Villela Vieira de Castro Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Geocze, Stephan Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo No ultimo decenio, observou-se incidencia crescente de adenocarcinoma do esofago nos EEUU e Europa, chegando este a representar 50 por cento dos canceres de esofago nos USA. Quando do diagnostico do adenocarcinoma de juncao esofago-gastrica (JEG) pode ser dificil determinar se o tumor originou-se no esofago distal ou na mucosa gastrica. Muitos autores acreditam que estes tumores desenvolvem-se a partir da metaplasia intestinal especializada que pode ser encontrada nas pequenas projecoes de epitelio colunar no esofago distal (segmento curto de Barrett) ou da metaplasia intestinal especializada da regiao cardica. Todavia, em nosso meio, este aumento na incidencia do adenocarcinoma de esofago nao tem sido relatado. Conjecturando-se que realmente o epitelio colunar especializado (ECE) do esofago distal e JEG podem participar na etiopatogenese do adenocarcinoma de esofago distal e da JEG, e portanto, podem ser pelo menos em parte, responsaveis por este aumento na frequencia do adenocarcinoma originario da JEG no ocidente, seria muito interessante verificar porque este fato nao vem sendo observado em nosso meio, e como ponto de partida, qual a nossa prevalencia ECE no esofago distal e na JEG. Atraves de um estudo transversal, avaliou-se por endoscopia digestiva alta e biopsias da JEG e esofago distal, 240 pacientes com sintomas digestivos referentes ao trato gastrointestinal superior. A prevalencia do ECE na JEG foi de 8,3 por cento (95 por cento IC = 4,8 por cento - 11,8 por cento) e 19,2 por cento (95 por cento IC = 14,2 por cento - 24,2 por cento) utilizando-se a coloracao pela Hematoxilina-Eosina e Alcian Blue, respectivamente. A presenca do epitelio colunar especializado na juncao esofago gastrica correlacionou-se com raca branca e faixas etarias mais avancadas. Entretanto, nao foi observada correlacao entre sintomas de refluxo gastro-esofagico, esofagite endoscopica ou histologica com a presenca de ECE na JEG
Palavra-chave Esôfago de Barrett
Metaplasia/diagnóstico
Junção Esofagogástrica
Cárdia
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 92 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 92 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16343

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta