Funcao auditiva central

Funcao auditiva central

Título alternativo Central auditory function: characterization of response by workers exponsed to noise and solvents to dichotic task
Autor Toniolo, Ivone Maria Fagundes Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo teve por objetivo caracterizar a funcao auditiva central, atraves da aplicacao do teste SSW, versao proposta por BORGES, 1986, em individuos com audicao normal, expostos a ruido e solvente organico. Foram avaliados 50 individuos com 17 a 36 anos de idade, todos do sexo masculino e trabalhadores de uma Industria Moveleira do municipio de Restinga Seca - RS. Antes da avaliacao por meio do teste SSW, estes individuos foram submetidos a analise laboratorial da urina como material biologico na identificacao dos valores dos agentes quimicos (benzeno, tolueno e xileno) e a avaliacao audiologica basica. Todos apresentavam capacidade de detectar tons puros dentro da faixa de normalidade e boa capacidade de transmissao de sons pelo sistema auditivo periferico. Em nenhum deles havia sinais laboratoriais de intoxicacao por substancias quimicas. Para estudar o total de erros, a tendencia de respostas e o grau de disfuncao auditiva, obtidos da aplicacao do teste SSW, a amostra foi reunida em dois grupos, sendo o Grupo I constituido de trabalhadores expostos apenas ao ruido e o Grupo II, de trabalhadores expostos ao ruido e solvente organico. Assim, foi possivel concluir que o comportamento dos trabalhadores expostos apenas ao ruido e dos expostos ao ruido e solvente foi caracterizado por respostas diferentes e estatisticamente significantes entre os erros cometidos na escuta de estimulos verbais competitivos. Alem disso, 58 por cento dos trabalhadores do Grupo I e 73 por cento do Grupo II apresentaram desempenho normal da funcao auditiva central, enquanto que 25 por cento do Grupo I e 19 por cento do Grupo II apresentaram um grau leve de disfuncao e, ainda, 12 por cento dos trabalhadores do Grupo I e 7 por cento do Grupo II apresentaram uma disfuncao auditiva central de grau moderada. Sendo assim, foi possivel observar que o ruido pode ter efeito deleterio sobre o processamento auditivo de sons verbais, mesmo que a capacidade de detectar tons puros ainda nao tenha sido afetada
Palavra-chave Audição
Ruído
Solventes
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 106 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 106 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16333

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta