Representacoes sociais da agressao fisica familiar contra criancas e adolescentes no municipio de Embu/São Paulo

Representacoes sociais da agressao fisica familiar contra criancas e adolescentes no municipio de Embu/São Paulo

Título alternativo Social representation of family aggression against children and adolescent at Embu city - São Paulo
Autor Tacla, Cristiane Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Entre as diversas formas de violencia dirigidas contra a crianca e o adolescente, a praticada dentro do ambito domestico vem despertando interesse internacional, principalmente quanto aos abusos fisicos e sexuais. O problema e ambiguo, pois nao ha consenso sobre a diferenciacao entre a disciplina e o abuso fisico - o que e considerado maltrato em uma comunidade, em outra pode ser um comportamento adequado fato este que demanda o desenvolvimento de estudos focados nesta area. A proposta deste trabalho e examinar a questao da violencia fisica familiar contra criancas e adolescentes em uma comunidade urbana de baixa renda do ponto de vista cultural. Pretendeu-se abordar os atos agressivos aceitos ou nao pela comunidade e as respectivas crencas, regras e valores que os envolviam. Foi realizado um estudo qualitativo no qual os dados foram obtidos por meio de um grupo focal e entrevistas em profundidade com maes (de criancas e adolescentes de um a dezessete anos), usuarias da Unidade Basica de Saúde (UBS) Jardim Santo Eduardo, municipio de Embu, São Paulo. Tratando-se a violencia familiar como um fenomeno construido socialmente, tres conjuntos de atos agressivos foram identificados no estudo: agressao desumana, agressao expiatoria e agressao educativa. Foram discutidas as crencas, valores e implicacoes do contexto na aceitacao ou nao dos atos agressivos contra criancas e adolescentes. O presente estudo pretendeu contribuir para a discussao dos abusos domesticos fisicos contra criancas e adolescentes. Compreender as regras por meio das quais uma comunidade particular organiza suas experiencias pode Ter uma importancia no incremento da comunicacao entre a populacao e os tecnicos e no planejamento de acoes preventivas mais adequadas a realidade da comunidade no que concerne a violencia domestica
Palavra-chave Agressão
Violência
Família
Cultura
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 108 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 108 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16332

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta