Presença de Helicobacter pylori e determinação de AgNORs, Ki-67, c-erbB-2 e P53 no adenocarcinoma gástrico

Presença de Helicobacter pylori e determinação de AgNORs, Ki-67, c-erbB-2 e P53 no adenocarcinoma gástrico

Título alternativo Helicobacter pylori and expression of AgNORs, Ki-67, c-erbB-2 and p53 in gastric adenocarcinoma
Autor Oshima, Celina Tizuko Fujiyama Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Forones, Nora Manoukian Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O cancer gastrico e a segunda causa de morte no Estado de São Paulo. A infeccao pela bacteria Helicobacter pylori e considerada o maior risco para o aparecimento da neoplasia, aumentando a proliferacao celular da mucosa gastrica. Esta proliferacao celular pode ser avaliada pelo metodo da contagem das AgNORs e do indice de Ki-67 e as expressoes das proteinas c-erbB-2 e p53 podem ser uteis no estudo do prognostico dos pacientes com adenocarcinoma gastrico. Tecido neoplasico e mucosa normal adjacente de 84 pacientes com adenocarcinoma gastrico foram estudados, retrospectivamente. Apos a analise do laudo anatomo-patologico, a bacteria Helicobacter pylori foi estudada atraves da coloracao de GIEMSA, a proliferacao celular, atraves da impregnacao pela prata e contagem das AgNORs e pela utilizacao do anticorpo monoclonal Ki-67 (clone MIB-1). As expressoes das proteinas c-erbB-2 e p53 foram avaliadas utilizando-se o anticorpo monoclonal anti-c-erbB-2 humano de coelho e o anticorpo monoclonal anti-p53 humano de rato. O procedimento imunohistoquimico foi pelo metodo da avidina-biotina. por cento Dos 84 pacientes, 57 eram homens e 27 mulheres. A idade media foi de, aproximadamente, 62 anos. O tamanho medio do tumor foi de 7,41 cm e 65 ou 77,38 por cento eram adenocarcinomas tubulares. Segundo a classificacao de Lauren, 58,33 por cento dos tumores (49) eram do tipo intestinal e 41,67 por cento (35), do tipo difuso. A bacteria Helicobacter pylori esteva presente em 8,06 por cento dos pacientes (5). Houve diferenca significante entre a media das contagens das AgNORs nas celulas tumorais (385,70) e a media das contagens nas celulas normais (l24,68) (Teste t para duas amostras independentes, p < O,001*). O indice de Ki-67 foi de 52,22 e a positividade da proteina c-erbB-2 foi de 45,12 por cento e da proteina p53, de 55,69 por cento. A probabilidade de sobrevida dos pacientes do sexo feminino foi maior em relacao a sobrevida dos pacientes do sexo masculino (Teste Log Rank, p = O,019*). A probabilidade de sobrevida dos pacientes com estadiamento clinico menos avancado (I e II) foi maior em relacao a sobrevida dos pacientes com estadiamento clinico avancado (III e IV) (Teste de Wilcoxon, p < O,001 *). Nao houve correlacao estatisticamente significante entre os marcadores avaliados com o sexo, a idade, o tipo histologico do tumor e o estadiamento clinico dos pacientes. Nao observamos aumento de proliferacao celular na presenca da bacteria...(au)
Palavra-chave Neoplasias gástricas
Helicobacter pylori
Região organizadora do nucléolo
Antígeno Ki-67
Proteínas oncogênicas
Genes supressores
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 108 p. ilus., tab., graf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 108 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16326

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta