Evolução nutricional e morbidade em lactentes atendidos por creche diferenciada

Evolução nutricional e morbidade em lactentes atendidos por creche diferenciada

Título alternativo Nutritional and morbidity evolution in infants that were assisted at a differentiatrd child care institution
Autor Cury, Maria Cristina Faria da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Taddei, Jose Augusto de Aguiar Carrazedo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo sobre a evolucao nutricional e a morbidade em lactentes atendidos por creche diferenciada, procurou contribuir para o entendimento da questao da crianca institucionalizada. O objetivo geral foi o de avaliar as condicoes de Saúde e nutricao das criancas com idade igual ou inferior a 24 meses que frequentaram o Centro de Convivencia Infantil do Hospital Dante Pazzanese de Cardiologia, no periodo de janeiro de 1987 a janeiro de 1995, utilizando as informacoes dos primeiros 12 meses de frequencia. As variaveis levantadas foram: escolaridade dos pais; situacao marital; frequencia a creche; peso; idade; sexo; peso ao nascer; frequencia de infeccoes respiratorias agudas (IRAs) e febre; uso de antibioticos; diarreia e recusa alimentar. Os resultados mostraram bom estado nutricional, na entrada e na evolucao da crianca na creche, independentemente de escolaridade dos pais e de outras variaveis de confundimento; observou-se elevada prevalencia de IRA e baixa incidencia de diarreia. A presenca de febre e o uso de antibioticos guardaram certa semelhanca no acompanhamento. Pode-se concluir que: l - a desnutricao nao foi observada na matricula da crianca e a utilizacao das analises de regressao logistica confirmaram que nao houve mudancas nos perfis nutricionais durante o tempo de acompanhamento das criancas na creche, mesmo afastando os possiveis fatores de confundimento: escolaridade dos pais, situacao marital, peso ao nascimento, sexo, idade na matricula, Z escore P/I de admissao, frequencia a creche, IRA, febre, uso de antibiotico, diarreia e recusa alimentar.; 2- a estratificacao por escolaridade dos pais nao mostrou diferenca no comportamento do estado nutricional dos lactentes, bem como na morbidade, particularmente da IRA; 3 - a morbidade que apareceu com maior frequencia foi IRA principalmente na primeira metade do periodo de frequencia a creche, sendo que em 113 delas foi acompanhada pelo sinal febre e uso de antibiotico; 4- a supervisao de um profissional de nivel superior em Saúde e treinamento do pessoal de apoio para o controle das condicoes de higiene, tanto no ambiente fisico como no preparo das refeicoes, contribuiram para a baixa ocorrencia de diarreia; 5 - a concomitancia da ocorrencia de febre e do uso criterioso de antibioticos indicou um atendimento satisfatorio da crianca em situacao de doenca; 6 - a adaptacao da crianca a creche pode ser indicada pela presenca de recusa alimentar e da ocorrencia de febre ...(au)
Palavra-chave Morbidade
Estado Nutricional
Creches
Lactente
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 71 p. tab., graf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 71 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16311

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta