Aspectos histomorfométricos e ultra-estruturais dos ovários de ratas adultas pinealectomizadas

Aspectos histomorfométricos e ultra-estruturais dos ovários de ratas adultas pinealectomizadas

Título alternativo Histomorphometric and ultra-estructural aspects of ovary pinealectomy the rats
Autor Soares Júnior, José Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Baracat, Edmund Chada Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Apesar de existirem evidencias da participacao da pineal no processo reprodutivo, dados mais precisos so foram relatados recentemente devido a intensa pesquisa nesta area nas ultimas decadas. Ha, todavia, informacoes contraditorias sobre os efeitos fisiologicos da melatonina sobre a funcao reprodutiva, necessitando-se ainda de maiores investigacoes. Como na literatura ha poucos dados sobre a organizacao dos foliculos ovarianos e a analise do estroma ovariano, que constituem locais de producao hormonal, propusemo-nos a realizar este presente trabalho. Selecionaram-se 26 ratas que apresentaram ciclos estrais regulares, as quais foram divididas, ao acaso, em tres grupos, a saber: Grupo controle (GI) - nove ratas sem intervencao cirurgica; Grupo Sham (G II) - seis ratas falsamente pinealectomizadas; Grupo pinealectomizado (G III) - 11 ratas em que se efetuou a pinealectomia. Ao final do experimento (entre o 55§ e o 60§ dia de pos-operatorio), todos os animais, na fase de estro, foram anestesiados com eter etilico, e realizou-se laparotomia para retirada dos ovarios. Estes orgaos foram processados para coloracao de HE e tricromico de Masson, e em tres animais de cada grupo, foram preparados para microscopia eletronica de transmissao. Alem da analise da morfologia do estroma ovariano, realizou-se cariomorfometria das celulas intersticiais. Nossos resultados foram: a) os animais pinealectomizados apresentaram maior concentracao de celulas intersticiais no estroma ovariano; b) a microscopia eletronica de transmissao mostrou haver aumento a concentracao de organelas e de goticulas lipidicas nas celulas intersticiais dos animais pinealectomizados; c) a analise morfometrica revelou que o diametro maximo dos nucleos das celulas intersticiais foi significante maior no grupo de ratas pinealectomizadas. Nossos dados sugerem que poderia estar ocorrendo maior atividade metabolica nesta celulas e, possivelmente, maior producao hormonal. Apesar dos conhecimentos do mecanismo exato de acao da pineal sobre o ovario ainda serem parcos, nosso trabalho oferece perspectivas de novos estudos nesta mesma linha de pesquisa
Palavra-chave Glândula pineal/cirurgia
Ovário
Pineal gland/surgery
Ovary
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 74 p. ilus.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 74 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16300

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta