Caracterizacao do desenvolvimento mental e psicomotor de criancas, filhas de maes soropositivas para o virus da imunodefiCiência humana, no primeiro ano de vida

Caracterizacao do desenvolvimento mental e psicomotor de criancas, filhas de maes soropositivas para o virus da imunodefiCiência humana, no primeiro ano de vida

Título alternativo Characterization of mental and psychomotor development in children, born from seropositives nother's for human immunodeficiency virus, in their year of life
Autor Lemes, Sandra Ozeloto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo teve como objetivo caracterizar o desenvolvimento mental psicomotor de criancas filhas de maes soropositivas para HIV, no primeiro ano de vida. A amostra consistiu-se de 85 criancas, de l a 12 meses completos, distribuida em dois grupos: 44 criancas constituiram o grupo de alto risco para o desenvolvimento do HIV e 41 criancas constituiram o grupo de baixo risco para o desenvolvimento do HIV Para a selecao da amostra alem da idade e do sexo, foram analisados os seguinte fatores: nivel socio-economico dos pais, antecedentes maternos, condicoes pre, peri pos natais. As criancas foram submetidas a avaliacao individual do seu desenvolvimento, realizada atraves das escalas Bayley de desenvolvimento infantil, mental e psicomotora. A avaliacao seguiu os criterios estabelecidos a partir da sua padronizacao. Os resultados foram analisados estatisticamente (variancia ANOVA) considerando a variavel sexo e faixa-etaria (primeiro e segundo semestre) dentro de cada grupo e a seguir entre os grupos. Finalmente, a amostra foi reagrupada e analisados os resultados obtidos nas escalas de desenvolvimento mental e psicomotora entre os dois grupos. A partir da analise estatistica observou-se que no grupo de alto risco para o desenvolvimento do HIV as criancas pioraram o seu desempenho na escala mental no segundo semestre de vida. Alem disto, quando comparou-se os grupos de alto risco e baixo risco para o desenvolvimento do HIV, nas escalas mental e psicomotora, os resultados apontaram para diferencas estatisticamente significantes, ou seja, o grupo de alto risco para o desenvolvimento do HIV tem um pior desempenho em ambas escalas. Programas de intervencao devem ser implementados a nivel preventivo com as diversas areas da Saúde
Palavra-chave Desenvolvimento Infantil
Recém-Nascido
Lactente
Soropositividade para HIV
Mães
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 102 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 102 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16288

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta