Validacao do St. George's respiratory questionnaire em pacientes portadores de doenca pulmonar obstrutiva cronica no Brasil

Validacao do St. George's respiratory questionnaire em pacientes portadores de doenca pulmonar obstrutiva cronica no Brasil

Título alternativo Validity of the st. George's respiratory questionnaires in cronic obstruct pulmonary desease pacients the Brazil exemple
Autor Sousa, Thais Costa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: O termo Qualidade de Vida tem ganhado cada vez mais importancia no contexto cientifico. O presente estudo descreve a adaptacao para as lingua e cultura brasileiras de um questionario doenca-especifico desenvolvido por Paul Jones e col. em 1991: o St George's Respiratory Questionnaire, para a avaliacao de qualidade de vida em pacientes portadores de DPOC. Esse questionario contem 3 componentes ( Sintomas, Atividade e Impactos) divididos em 76 itens. E auto-administrado. Objetivo: Verificar se o St George's Repiratory Questionnaire e um instrumento valido para medir Qualidade de Vida em pacientes portadores de doenca pulmonar obstrutiva cronica no Brasil. Metodos: Para a validacao do questionario no Brasil, realizou-se uma versao inicial deste, depois foi realizada a back-translation e uma versao final foi aplicada em 30 pacientes com diagnostico de doenca pulmonar obstrutiva cronica (DPOC) e estaveis clinicamente segundo criterios de espirometria e oximetria. Os pacientes responderam o questionario por duas vezes, num intervalo de 15 dias. O tempo de resposta foi cronometrado e as duvidas apontadas pelos pacientes, anotadas. Foi realizado o teste estatistico de Wilcoxon para calculo de probabilidade de r e foi calculado o coeficiente de correlacao intraclasse para testar fidedignidade e confiabilidade do questionario. Resultados: Dos 30 pacientes que participaram do estudo, 10 eram do sexo feminino e 20 eram do sexo masculino. A media de idade foi de 65,9 anos. A maioria dos pacientes encontravam-se no estadio 2 (56,7 por cento ) da DPOC. O coeficiente de correlacao intraclasse para a pontuacao total do questionario foi a=O,79 e Wilcoxon para dados nao parametricos p=O,2110 (nao significante estatisticamente). O tempo medio de resposta entre os dois dias de entrevista foi, respectivamente, 12 minutos e 8 segundos e 10 minutos e 34 segundos. Em relacao as duvidas quanto as questoes no momento de resposta foram as Secoes 4 e 5 que contem uma frase cada na forma negativa. Conclusao: podemos concluir que a versao brasileira do St George's Respiratory Questionnaire, e um instrumento valido e fidedigno para medir qualidade de vida em pacientes portadores de DPOC no Brasil
Palavra-chave Pneumopatias Obstrutivas
Questionários
Qualidade de Vida
Reprodutibilidade dos Testes
Idioma Português
Data de publicação 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 139 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 139 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16235

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta