Detecção e sequenciamento dos vírus do papiloma bovino tipos 2 e 4 (BPV2 e BPV4) em líquidos corpóreos de bovinos

Detecção e sequenciamento dos vírus do papiloma bovino tipos 2 e 4 (BPV2 e BPV4) em líquidos corpóreos de bovinos

Título alternativo Detection and sequences of the viruses of the papiloma bovine types 2 and 4 (BPV2 and BPV4) in body fluids of bovine
Autor Almeida, Marcos Eduardo de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Lindsey, Charles Julian Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O linfocito tem sido discutido como sitio de latencia viral. Recentemente foram detectadas transmissoes vertical e horizontal do virus do papiloma bovino (BPV) e aberracoes cromossomicas em sangue periferico de vacas clinicamente diagnosticadas com hematuria enzootica. Esses achados induziram a investigacao da possivel presenca dos tipos 2 e 4 deste virus em outros liquidos corporeos atraves de amplificacoes por reacoes de PCR. Para tanto foram selecionados 15 animais afetados pela papilomatose cutanea, pela hematuria enzootica e pela lesao esofagica conhecida como caraguata na regiao do Vale do Paraiba e na regiao de Botucatu, dos quais foram coletadas amostras de sangue, leite e urina. Para extracao do DNA, cerca de 300ml de cada amostra foram submetidos ao protocolo descrito no kit Wizard genomic DNA purification. Para as reacoes de PCR foram utilizados primers de sequencia especifica para os tipos de DNA viral 2 e 4 em reacoes independentes para cada amostra. Os produtos da reacao de PCR foram analisados por cromatograflia PAGE em gel homogeneo de 12,5 por cento corado com nitrato prata em sistema PhastSystem. Nossos resultados apresentaram fragmentos com aproximadamente 170 e 160 pb para BPV4 e BPV2 respectivamente. Estes resultados foram posteriormente confinados atraves do sequenciamento destes fragmentos amplificados, os quais apresentaram alta homologia com as sequencias de DNA do BPV2 e BPV4. A presenca de virus (BPV2 E BPV4) em amostras de sangue, leite e urina sustenta a hipotese de transmissao horizontal em pastagens atraves da contaminacao por dejetos de animais infectados e vertical para sua progenese, alem de que os referidos virus possam nao ser tecido-especifico. Por outro lado, os presentes resultados sugerem que o problema da contaminacao pelo BPV pode ser um problema de Saúde publica, uma vez que a contaminacao de diferentes mamiferos pelos BPV vem sendo descrita nos ultimos anos
Palavra-chave Papillomavirus Bovino 1
Determinação
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 92 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 92 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16109

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta