Avaliacao da memoria em pacientes pos-cirurgicos de aneurisma cerebral

Avaliacao da memoria em pacientes pos-cirurgicos de aneurisma cerebral

Título alternativo Memory evaluation on intercranial aneurysms in patientes after surgery
Autor Silva, Sergio Leme da Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Existem relatos na literatura indicando que a arteria comunicante anterior (ACoA) e arteria comunicante posterior (AcoP) irrigam estruturas cerebrais intimamente relacionadas aos processos de memoria. No presente trabalho investigou-se o desempenho de pacientes pos-cirurgicos de AcoA e AcoP em diferentes testes de memoria, inteligencia, fluencia verbal e funcao frontal. Nas escalas Wechsler de Memoria e Inteligencia Adulta, apenas os pacientes pos-cirurgicos de AcoA apresentaram deficits para materiais verbais avaliados em memoria de longo prazo, e dificuldades em tarefas que avaliam QI verbal. O teste de recordacao livre de palavras, indicou um beneficio do relacionamento semantico com repeticao de palavras localizadas no meio da lista de posicao serial nos grupos experimentais (ACoA e ACoP) e respectivos controles. O Labirinto Porteus, descrito como uma medida de visao e capacidade de planejamento, apontou um deficit visual motor nos pos-cirurgicos de AcoP. No entanto, esses mesmos sujeitos nao apresentaram dificuldades em aprender e memorizar. Os pacientes pos-cirurgicos de AcoA nao apresentaram defict visual e aprenderam e memorizaram a tarefa como os controles. O teste de leitura de triades de palavras invertidas apontou uma memoria de procedimento preservada para todos os grupos. O quebra-cabeca de personas famosas sugeriu o auxilio de contexto semantico na realizacao da tarefa para pos-cirurgicos de AcoA e memoria de procedimento preservada. Nos pos-cirurgicos de AcoP foi observado um deficit visuo-motor, mas sem dificuldades para aprendizagem e memorizacao da tarefa. Neste mesmo teste tambem foi observado um defict de memoria episodica em pacients pos-cirurgicos de AcoA o que nao ocorreu em pos-cirurgicos de AcoP. Esses resultados, em conjunto, sugerem que a ruptura da AcoA pode induzir deficits seletivos de memoria. Isto pode ser devido a uma falta de irrigacao sanguinea em estruturas cerebrais intimamente relacionadas a modulacao da memoria, tais como o prosencefalo basal, septo e o fornix
Palavra-chave Memória
Aneurisma Intracraniano
Testes Neuropsicológicos
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 255 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 255 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16098

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta