Ressonancia magnetica dos hemangiomas hepaticos: avaliacao das caracteristicas morfologicas e quantitativas em funcao do diametro da lesao

Ressonancia magnetica dos hemangiomas hepaticos: avaliacao das caracteristicas morfologicas e quantitativas em funcao do diametro da lesao

Título alternativo Magnetic ressonance imaging in hepatic hemangiomas: study of the qualitative snd quantitative characteristics according to the size of the lesion
Autor Tiferes, Dario Ariel Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Realizamos estudo prospectivo e analisamos as caracteristicas morfologicas e quantitativas (valores de tempo de relaxacao T2, indice T2, e relacao intensidade de sinal lesao / figado [RLF]) de 57 hemangiomas hepaticos (presentes em 27 pacientes) em ressonancia magnetica (RM) de 1,5T. Utilizamos a sequencia spin-eco (SE), com imagens ponderadas em Tl e T2, nestas ultimas usando tambem tempos de eco (TE) longos, de ate 160 mseg.. Os nossos objetivos foram estabelecer a frequencia de hemangiomas hepaticos com caracteristicas morfologicas tipicas e atipicas na RM, avaliar a concordancia entre examinadores na classificacao morfologica dos hemangiomas, e verificar se ha diferenca entre o comportamento quantitativo de hemangiomas morfologicamente tipicos e atipicos, e de dimensoes < 2,0 cm e > 2,0 cm. Os resultados mostraram que 78,9 por cento dos hemangiomas apresentaram caracteristicas morfologicas tipicas, e que houve concordancia entre os examinadores na classificacao morfologica dos hemangiomas em tipicos e atipicos. Valores do tempo de relaxacao T2, do indice T2 e da RLF caracterizaram corretamente 96,5 por cento ; 93 por cento ; e 89,5 por cento dos hemangiomas, respectivamente. Nao houve diferenca significante entre o comportamento quantitativo de hemangiomas morfologicamente tipicos e atipicos. Hemangiomas com dimensoes < 2,0 cm e > 2,0 cm apresentaram comportamento semelhante em relacao ao tempo de relaxacao T2 e ao indice simplificado T2. Valores da RLF apresentaram diferencas significantes entre estes dois grupos. Os parametros quantitativos permitem a caracterizacao da grande maioria dos hemangiomas hepaticos morfologicamente tipicos e atipicos, e daqueles com dimensoes < 2,0 cm e > 2,0 cm, aumentando, desta maneira, o nivel de confianca da RM no diagnostico destas lesoes
Palavra-chave Imagem por Ressonância Magnética
Hemangioma
Neoplasias Hepáticas
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 132 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 132 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16077

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta