Identificacao de caracteristicas fenotipicas e genotipicas de Escherichai coli enteroagregativa (EAEC) em amostras de Escherichia coli uropatogenica (UPEC)

Identificacao de caracteristicas fenotipicas e genotipicas de Escherichai coli enteroagregativa (EAEC) em amostras de Escherichia coli uropatogenica (UPEC)

Título alternativo Identification pf phenotypics and genotypics characteristics of enteroaggregative Escherichia coli (EAEC) in strains of uropathogenic E. coli
Autor Falsetti, Ivan Nicolau Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A maioria dos agentes de infeccao urinaria sao originarios da flora fecal e estudos anteriores de nosso laboratorio demonstraram que algumas amostras fecais de Escherichia coli enteroagregativa (EAEC) sao portadoras de sequencias de DNA associadas com a producao de a-hemolisina (Hly) e de fimbria P, que sao potenciais fatores de virulencia de amostras envolvidas em infeccoes extraintestinais. Alem disto, dados da literatura tem revelado que algumas amostras de EAEC sao capazes de aderir ao epitelio de ureter humano e que nem todas as amostras de EAEC causam diarreia em voluntarios. Esses dados em conjunto, sugerem que esse grupo seja bastante heterogeneo, possivelmente devido a variacoes no conjunto de determinantes de virulencia presentes nas diferentes amostras. Neste estudo, foram pesquisados mercadores fenotipicos e genotipicos de EAEC em amostras de E. coli isoladas de pacientes com infeccao urinaria sintomatica (UPEC), visando contribuir para uma melhor compreensao do potencial patogenico de EAEC, e assim possibilitar uma discriminacao entre amostras com potencial diarreiagenico daquelas com eventual papel uropatogenico. Entre os mercadores fenotipicos foram analisadas a capacidade de produzir aderencia agregativa (AA) em celulas HeLa e formar pelicula, isto e, um agregado bacteriano formado na superficie de uma cultura em meio liquido e na superficie interna do tubo contendo o cultivo, na regiao de interface meio-atmosfera. Como mercadores genotipicos, foram pesquisadas as sequencias EAEC, normalmente utilizada como sonda genetica para identificar a categoria, e astA , associada a producao de EASTI (enterotoxina termo-estavel de EAEC). Alem destes mercadores, potenciais genes de virulencia de UPEC e outras categorias de E. coli diarreiagenica foram pesquisados, atraves de hibridizacao de colonias com sondas geneticas clonadas ou amplificadas. Das 226 amostras de UPEC testadas em ensaios de adesao a celulas HeLa, 81 (35,8 por cento ) promoveram destacamento das monocamadas celulares. Entre essas 81 amostras, 76 foram tambem testadas quanto a atividade de destacamento celular em ensaios em nicroplacas, onde 62 (81,6 por cento ) dessas amostras produziram destacamento. Todas as 81 amostras destacantes (DE) produziram Hly, isto e, provocavam hemolise em 3h de cultivo em agar-sangue (H3) e albergavam o gene hly correspondente (hly+), enquanto a maioria (l3O ou 89,6 por cento ) das 145 amostras nao destacantes nao apresentou atividade...(au)
Palavra-chave Escherichia coli
Infecções Urinárias
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 98 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 98 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16065

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta