O estadiamento TNM do carcinoma de células renais deve ser modificado novamente ?

O estadiamento TNM do carcinoma de células renais deve ser modificado novamente ?

Título alternativo Must the TNM staging of the renal cell carcinoma be modified again?
Autor Dall'Oglio, Marcos Francisco Autor UNIFESP Google Scholar
Srougi, Miguel Autor UNIFESP Google Scholar
Nesrallah, Luciano Autor UNIFESP Google Scholar
Leite, Kátia Ramos Moreira Autor UNIFESP Google Scholar
Hering, Flávio Autor UNIFESP Google Scholar
Bomfim, Alexandre de Campos Autor UNIFESP Google Scholar
Sanudo, Adriana Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: The behavior of the renal cells carcinoma stage PT1 is not completely clarified. We studied the presence of factors after prognostics and tumoral size in the recurrence of survival of the sporadic kidney carcinoma after surgical treatment. METHODS: 120 patients followed after nephrectomy had been revised retrospectively 93 PT1, 9 PT2, 11 PT3, 7 PT4, It was analyzed survival and recurrence of the disease inside of three groups of tumors: Group 1: < 4cm, group 2: 4-7cm and group 3: > 7cm, and the prognostics factors above-mentioned evaluated were nuclear degree, microvascular invasion, presence of committed ganglia and sarcomatous degeneration. RESULTS: The frequency of adverse prognostics factors increase as the tumor size increase. In the group 1, we had only four tumors of high degree and only one shown microvascular invasion that does not committed ganglia or sarcomatous degeneration. In group 2 there was 16 tumors of high degree, 4 sarcomatoses, two with positive microvascular invasion and two with positive ganglia. In group 3, was found 18 tumors of high degree, 15 with microvascular invasion and 7 with positive ganglia and 5 sarcomatoses. There was statistical significance in the specific cancer survival (p=0.002) and free of illness (p=0.0002) between the three groups. CONCLUSION: The evolution of tumors PT1 is distinct for lesser tumors of 4 cm and 4-7 cm fitting the subdivision of these two groups in T1a and T1b.

OBJETIVOS: O comportamento do carcinoma de células renais estádio PT1 não está completamente esclarecido. Nós estudamos a presença de fatores prognósticos e tamanho tumoral na recorrência e sobrevida do carcinoma de rim esporádico após tratamento cirúrgico. MÉTODOS: Foram revisados retrospectivamente 120 pacientes, 93 PT1, nove PT2, 11 PT3, sete PT4, seguidos após nefrectomia. Foram analisadas sobrevida e recorrência da doença dentro de três grupos de tumores: grupo 1: < 4cm, grupo 2: 4-7 cm e grupo 3: >7 cm e os fatores prognósticos preditivos avaliados foram grau nuclear, invasão microvascular, presença de gânglios comprometidos e degeneração sarcomatosa RESULTADOS: A freqüência de fatores prognósticos adversos aumenta à medida que aumenta o tamanho do tumor. No grupo 1 tivemos apenas quatro tumores de alto grau e somente um apresentou invasão microvascular não havendo gânglios comprometidos ou degeneração sarcomatosa. No grupo 2 havia 16 tumores de alto grau, quatro sarcomatosos, dois com invasão microvascular positiva e dois com gânglios positivos. No grupo 3, encontraram-se 18 tumores de alto grau, 15 com invasão microvascular e sete com gânglios positivos e cinco sarcomatosos. Houve significância estatística na sobrevida câncer específica (p=0,002) e livre de doença (p=0,0002) entre os três grupos. CONCLUSÃO: A evolução dos tumores PT1 é distinta para tumores menores de 4 cm e de 4-7 cm cabendo a subdivisão destes dois grupos em T1a e T1b.
Palavra-chave Carcinoma renal cell
Neoplasm staging
Neoplasms
Neoplasm recurrence
TNM classification
Carcinoma de células renais
Estadiamento
Neoplasias
Neoplasia recorrente
Idioma Português
Data de publicação 2003-01-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 49, n. 1, p. 86-90, 2003.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 86-90
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302003000100039
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42302003000100039 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1597

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42302003000100039.pdf
Tamanho: 126.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta