Estudo comparativo do efeito das telas de politetrafluoroetileno expandido e polipropileno, colocadas por laparascopia em hérnias ventrais de coelhos

Estudo comparativo do efeito das telas de politetrafluoroetileno expandido e polipropileno, colocadas por laparascopia em hérnias ventrais de coelhos

Título alternativo Comparative study of polytetrafluoroethylene and polipropilene mesh in laparoscopy repair of ventral hernias in rabbit
Autor Aydos, Ricardo Dutra Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nigro, Amaury José Teixeira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Estudou-se o efeito das telas de politetrafluoroetileno expandido (PTF'F-) e polipropileno (PP), colocadas por laparoscopia, em hérnias incisionais produzidas experimentalmente. Utilizou-se 45 coelhos,- da linhagem Nova Zelândia, brancos, pesando entre 27OOg e 3 I OOg, distribuídos em três grupos: PP (tela de PP), PTFE (tela de PTFE) e ST (grupo controle, sem tela). Em todos os animais foi inicialmente produzida uma hérnia incisional. Três dias após, foram submetidos a laparoscopia e as hérnias foram tratadas com telas de PP ou de PTFE, colocadas de forma intraperitoneal, conforme o respectivo grupo. Nos animais controle foi somente realizada, quando presentes, a lise de aderências,. Trinta e cinco dias após este procedimento foi realizada laparoscopia para a observação de aderências à região da tela (grupo PTFE e PP) ou da hérnia (grupo ST), de aderências intestinais, nestas regiões e ainda para observar recidivas e o aspecto da tela (esticado ou enrugado) . Aos 70 dias da colocação das telas, os anúnais foram submetidos a eutanásia e novamente estudados quanto à presença de aderências, quanto à recidiva e ao aspecto da tela. A parede abdominal, foi ainda submetida a exame histológico, com contagem das fibras colágenas e a estudo da força de ruptura. Não ocorreram recidivas das hérnias nos grupos tratados. O grupo PP apresentou, aos 35 e 70 dias, incidência significativamente maior de aderências e do número de fibras colágenas em relação ao grupo PTFE e ao grupo ST. A força de ruptura foi estatisticamente semelhante nos 3 grupos.
Palavra-chave Hérnia ventral
Laparoscopia
Telas cirúrgicas
Politetrafluoretileno
Polipropilenos
Coelhos
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 108 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 108 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15898

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta