Avaliacao do perfil de suscetibilidade a antibioticos em amostras de enterococos de origem aviaria em São Paulo

Avaliacao do perfil de suscetibilidade a antibioticos em amostras de enterococos de origem aviaria em São Paulo

Título alternativo Evaluation of antimicrobial agents susceptibility patterns among enterococcusmsp. from poultry in São Paulo
Autor Leme, Ivani Lucia Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O uso de antibioticos glicopeptideos na area de producao animal como promotor de crescimento pode elevar os numeros de microrganismos resistentes a antimicrobianos nos animais tratados. Trabalhos europeus correlacionam a presenca de enterococs resistentes a vancomicina com o uso do avoparcina, um antibiotico glicopeptideo seme@te quimicamente a vancomicina, como promotor de crescimento. Os enterococos resistentes podem ser transn-utidos aos llumanos atraves de contato com fazendas de animais e atraves do ambiente. Enterococos resistentes a vancomina comecam a ser isolados no Brasil. Para avaliar os padroes de suscetibilidade a agentes antimicrobianos de enterococos isolados de aviarios em São Paulo, iniciamos um estudo pesquisando enterococos resistentes a vancomicina em aves alimentadas com racao contendo ou nao avoparcina como promotor de crescimento e em alimento a base de carne de frango. As amostras coletadas de diferentes fontes (swab cloacal em frangos de corte para obtencao de material fecal, swab interno de carcacas, swab de medula ossea em recortes de frango, amostras de cama de frango) foranl transportadas para o laboratorio em O,7 por cento agar nutriente e repicadas em agar sangue de carneiro a 5 por cento acrescido de 300 U/ml de Polimixina B, como meio seletivo. A identificacao dos enterococos foi realizada atraves do metodo de FACKLAM & SAHM (l995). Testes de suscetibihdade a avoparcina, vanconucina e teicoplaninaforain determinados atraves de metodo de diluicao de agar de acordo com o NCCLS. Foram examinados quatro grupos de amostras: grupo controle (frangos alimentados com racao nao suplementada com avoparcina), carne de frango (recortes e carcacas inteiras), grupo Teste (frangos alimentados com racao contendo avoparcina) e cama de frango reut@da varias vezes (aproximadamente por 6 geracoes de frango alimentados com racao contendo avoparcina). Um total de 234 enterococos foram isolados de 286 amostras. Todos os enterococos isolados das aves, recortes e carcacas foram susceptiveis aos glicopeptideos examinados, porem houve alteracao da microbiota do grupo teste, com prevalencia de E. faecium (52,9 por cento ). Detectou-se altos niveis de resistencia a aminoglicosideos entre as amostras isoladas nos grupos Teste. Uma vez que microrganismos resistentes podem estar relacionados ao uso de antimicrobianos na area veterinaria, um programa de controle e justificado
Palavra-chave Resistência Microbiana a Medicamentos
Aves
Glicopeptídeos
Vancomicina
Enterococcus
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 112 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 112 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15810

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta