Estudo da relacao entre os niveis de anticorpos anti-PGL-I e o quadro histopatologico da reacao de Matsuda

Estudo da relacao entre os niveis de anticorpos anti-PGL-I e o quadro histopatologico da reacao de Matsuda

Título alternativo Study of relationship betwen lewels of the anti-PGL-I and histopathological Mitsuda reaction
Autor Maeda, Solange Miki Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Estudou-se a reacao de Mitsuda e os titulos de anticorpos lgM anti-PGL-I em 44 doentes com diagnostico de hanseniase: 10 casos tuberculolde-tuberculoide, 11 casos dimorfo-tuberculoide, 5 casos dimorfo-dimorfo, 18 casos dimorfo-virchowiano e virchowiano-virchowlano. A reacao de Mtsuda foi avaliada do ponto de vista clun'co, histologico e imunohistoquimico. Os titulos de anticorpos lgM anti-PGL-I foram mais elevados em doentes multibacilares em comparacao aos paucibacilares e individuos normais. Os doentes paucibacilares apresentaram leitura climica e histologica da reacao de Mitsuda maior comparando-se com doentes multibacilares, obedecendo ao espectro imunologico da doenca. Os elementos celulares marcados pelos anticorpos antl-CD4 e CD8 na reacao de Mitsuda nao mostraram diferenca dentro do espectro da doenca. Deste modo, concluimos, pelo material estudado, que: I.Existe uma correlacao inversa entre a resposta imune celular (avaliada atraves da reacao de Nttsuda) e a resposta imune humoral (avaliada atraves da dosagem de lgM anti-PGL-I) na hanseniase. 2.Ha correlacao entre os resultados das leituras clinica e histologica da reacao de Mitsuda, sendo que quanto maior o grau de positividade climica da reacao, mais compacto e o granuloma do tipo tuberculolde no quadro histologico. Existe uma graduacao histologica da reacao de Nfitsuda que acompanha o espectro imunologico da doenca. 3.A avaliacao histologica da reacao de Mitsuda e valiosa na caracterizacao irnunologica dos doentes com leitura climica duvidosa. 4.Os titulos de anticorpos lgM anti-PGL-1 encontram-se elevados nas formas multibacilares e baixos nas formas paucibacilares da hanseniase,constituindo um metodo util no auxilio da classificacao da molestia. 5. Nao ha diferencas na distribuicao e quantificacao das subpopulacoes de linfocitos T CD4+ e CD8+ no quadro da reacao de Nitsuda, dentro do espectro da hanseniase. 6.O padrao do infiltrado celular da reacao de Mitsuda nao pode ser correlacionado com as caracteristicas imunofenotipicas das celulas T
Palavra-chave Hanseníase
Glicolipídeos
Antígeno de Mitsuda
Linfócitos T CD4-Positivos
Linfócitos T CD8-Positivos
Imuno-Histoquímica
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 143 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 143 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15798

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta