Análises perceptiva-auditiva e acústica computadorizada da voz e achados laringoscópicos pre e pós-operatórios em pacientes do sexo feminino com edema de Reinke

Análises perceptiva-auditiva e acústica computadorizada da voz e achados laringoscópicos pre e pós-operatórios em pacientes do sexo feminino com edema de Reinke

Título alternativo Perceptive-auditive and acoustic computerized voice analyses and larongoscopic fidings in preoperative e posoperative in women with Reinke's edema
Autor Caporrino Neto, Jose Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fukuda, Yotaka Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Foi realizado um estudo com 20 pacientes com edema de Reinke, do sexo feminino, com idade variando entre 35 e 71 anos, que procuraram o Setor de Cirurgia de Cabeca e Pescoco do Departamento de Otorrinotaringologia e Disturbios da Comunicacao Humana da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo, nos periodos de 1996 e 1997, com o objetivo de realizar a analise comparativa dos parametros perceptivo-auditivos, acusticos computadorizados da voz e achados laringoscopicos no pre e pos-operatorios. Estes pacientes foram submetidos ao exame da laringe com telescopio rigido, sendo observados os tipos de edema de Reinke, segundo a classificacao de YONEKAWA e col. (l983), no pre-operatorio. A constricao do vestibulo laringeo e os tipos de coaptacao glotica durante a fonacao foram avaliados no terceiro mes de posoperatorio. A analise perceptiva-auditiva foi realizada, no pre-operatorio e no terceiro mes apos a cirurgia, por quatro fonoaudiologas. A analise computadorizada da voz foi realizada pelo laboratorio de voz CSL (Computerized Speech Lab) da Kay Eiemetrics Corp., por meio do programa MDVP (Multi Dimensional Voice Program), no pre-operatorio e tres meses apos o tratamento cirurgico. Foram obtidos os valores da frequencia fundamental, jitter (percentual e absoluto), shimmer (percentual e absoluto), PPQ, APQ e NHR, durante a emissao da vogal /a/ sustentada e em intensidade habitual, sendo considerado um tempo fonatorio de tres segundos para a analise. Todos os pacientes foram submetidos a fonoterapia no pos-operatorio. Com relacao ao tipo de edema nao houve diferenca entre os tipos clinicos II e III, quanto a sua ocorrencia. O mesmo ocorreu quando comparamos os parametros acusticos entre os dois tipos clinicos no preoperatorio. Houve melhora significante dos parametros acusticos analisados no pos-operatorio em relacao ao pre-operatorio, com excecao do PPQ, embora este tenha apresentado melhora. Concordando com esses achados, notamos melhora tambem na analise perceptiva-auditiva, tanto da qualidade vocal quanto do pitch, no pos-operatorio em ambos tipos clinicos de edema de Reinke. Em relacao a coaptacao glotica, nao houve diferencas entre os tipos II e III, no pos-operatorio. Ja a constricao do vestibulo laringeo apresentou associacao positiva apenas com os edemas do tipo clinico III. Notamos a importancia cada vez maior da avaliacao objetiva das disfonias para maior compreensao dos seus mecanismos causadores, incluido-se...(au)
Palavra-chave Distúrbios da Voz
Laringe
Diagnóstico por Computador
Edema Laríngeo/diagnóstico
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 103 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 103 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15790

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta