Papel para a substancia P em modelos de hipertensao experimental em ratos

Papel para a substancia P em modelos de hipertensao experimental em ratos

Título alternativo Role of substance P in experimental models of hipertension in rats
Autor Ginoza, Milton Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A particapacao da substancia P na patogenia de cinco modelos de hipertensao experimental, Doca-Sal, Nefrectomia subtotal, l Rim 1 Clipe, 2 Rins 1 Clipe e ratos espontaneamente hipertensos, foi avaliada atraves da infusao aguda de um potente antagonista seletivo e nao peptidicoda substancia P, o composto CP 96345. Em uma primeira serie de experimentos, em animais nao restritos e nao anestesiado, o CP 96345 induziu aumentos significantes e sustentados da pressao arterial media de ratos Doca-Sal, enquanto que nos animais do grupo controle as elevacoes pressoricas foram transitorias e nao significantes. O aumento da pressao arterial, em ambos os grupos, nao foi acompanhado por mudancas na frequencia cardiaca. Os efeitos deste antagonista tambem foram avaliados em animais Doca-Sal e controle anestesiados pelo metodo da termodiluicao. Durante a infusao do composto CP 96345 foram observados, eni ambos os grupos, aumentos sustentados do indice cardiaco e volume sistoiico e reducoes significantes da resistencia periferica total. Em ratos Doca-Sai o indice cardiaco aumentou 79,4 por cento , enquanto que a resistencia periferica total foi reduzida em 28 por cento em relacao aos valores pre-infusao. Nos animais controles as alteracoes nestes parametros foram menores. Em ambos os grupos as alteracoes do volume sistolico ocorreram paralelamente as mudancas observadas no debito cardiaco. Estes dados sugerem que o bloqueio agudo dos receptores NKl elevam a pressao arterial de ratos Doca-Sal, principalmente atraves de um aumento do debito cardiaco. Em uma Segunda serie de experimentos, em ratos nao restringidos e nao anestesiados, o composto CP 96345 induziu aumentos significantes e sustentados da pressao arterial media de ratos submetidos ao modelo de hipertensao Nefrectomia subtotal e renovascular l Rim l Clipe ( modelos de hipertensao sai-dependentes ), enquanto que em animais 2 Rins l Clipe e SHR ( modelos de hipertensao nao dependentes de sal ) as alteracoes pressoricas foram pequenas e naosignificantes. O composto CP 96345 nao alterou a pressao arterial de animais controle e Wistar Kioto. Alem disto, o antagonismo dos receptores NKl nao alterou de maneira significante os valores da frequencia cardiaca dos animais estudados. Estes resultados sugerem que a substancia P endogena, um potente vasodilatador, parece atuar, pelo menos em parte, como um contraregulador da vasoconstricao nos modelos de hipertensao sal dependentes ...(au)
Palavra-chave Receptores da Neurocinina-1
Substância P
Hipertensão
Taquicininas
Neuropeptídeos
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 95 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 95 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15779

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta