Revisao dos casos de neoplasias de anexos da epiderme na Universidade Federal de São Paulo (Escola Paulista de Medicina), no periodo de janeiro de 1986 a dezembro de 1995

Revisao dos casos de neoplasias de anexos da epiderme na Universidade Federal de São Paulo (Escola Paulista de Medicina), no periodo de janeiro de 1986 a dezembro de 1995

Título alternativo Review of the cases of the adnexial skin appendages tumours from Univeridade Federal de São Paulo (E.P.M.), in the period from january 1986 to december 1995
Autor Tebcherani, Antonio Jose Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo As neoplasias anexiais cutaneas sao lesoes pouco comuns na pratica do patologista geral, o que o deixa pouco familiarizado com os criterios diagnosticos destas neoplasias. Fizemos uma revisao de literatura e escolhemos um texto como referencia para estes criterios: Atlas of Tumoral Pathology. Non-Melanocytic Tumours of the Skin. Armed Forces Institute of Pathology (MURPHY & ELDER, 1990). Os criterios foram listados e observada a sua frequencia na casuistica de tumores de anexos cutaneos, recebidos no Departamento de Patologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), no periodo de 10 anos, na tentativa de verificar a reprodutividade destes criterios. Os casos serao revistos, e os que levantaram duvidas serao avaliados por um dermatopatologista de outro servico. Foram revisados 269 casos de neoplasias de anexos da epiderme, benignas e malignas. A neoplasia benigna mais frequente foi o pilomatrixoma (32,3(por cento) e a neoplasia benigna mais frequente foi o carcinoma de glandulas sudoriparas (2,6(por cento)). Os criterios estabelecidos no texto de referencia, foram identificados nos casos revistos, porem nas lesoes diagnosticadas inicialmente como tumor triquilemal proliferante nao houve concordancia entre os dermatopatologistas. O outro diagnostico sugerido para estas lesoes foi o de carcinoma triquilemal, pelo aspecto invasivo, atipias celulares e necrose. Estes achados, margens com aspecto invasivo, necrose e atipia, foram identificados nas outras neoplasias malignas. Um dos casos revistos, diagnosticado inicialmente como siringoma revelou areas de invasao da musculatura adjacente, sem atipias intensas ou necrose. Esta situacao revela que as atipias celulares e a necrose podem auxiliar o patologista no diagnostico das lesoes anexiais cutaneas malignas e, que o aspecto invasivo, que esteve presente em todas as lesoes malignas revistas, e um criterio mais confiavel para diagnosticar estas lesoes
Palavra-chave Neoplasias Cutâneas
Dermatopatias
Histologia
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 89 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 89 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15744

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta