Pneumonia adquirida na comunidade em pacientes tratados ambulatorialmente: aspectos epidemiologicos, clinicos e radiologicos das pneumonias atipucas e nao atipicas

Pneumonia adquirida na comunidade em pacientes tratados ambulatorialmente: aspectos epidemiologicos, clinicos e radiologicos das pneumonias atipucas e nao atipicas

Título alternativo Community-acquired pneumonia in out-patients: epidemiologycal, clinical and roentgenologycal features of atypical and no atypical pneumonia
Autor Rocha, Rosali Teixeira da Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETIVO: Estudar os pacientes com pneumonia adquirida na comunidade tratados ambulatorialmemte. Identificar os fatores epidemiologicos, clinicos e radiologicos que permitam diferenciar as pneumonias de etiologia atipica de nao atipica. TIPO DE ESTUSO: Estudo prospectivo em pronto atendimento de p[neumologia de hospital universitario. DURACAO DO ESTUDO: 22 meses. MATERIAL E METODOS: foram avaliafdps inicialmente 129 pacientes com quadro clinico e radiologico de pneumonia. No dia da inclusao no estudo, todos os pacientes foram submetidos a um questionario clinico, exame fisico, radiograma de torax, coleta de sangue para testes sorologicos, hemoculturas, hemogramas e coleta de escarro para realizacao pesquisa de BAAR, Gram e cultura. A monitorizacao do quadro clinico e radiologico foi realizado em 48 horas. 10 e 21 dias apos tratamento. Na ultima vista os pacientes foram submetidos aos controles clinico, radiologico e a nova coleta de sangue para sorologia de convalescenca para pesquisa de Legionella pneumophila, Chlamydia sp, M. pneumoniae, virus Influenza A e Influenza B. Os radiogramas toracicos destes pacientes revistos por 3 observadores independentes que nao tinham conhecimento do quadro clinico. A leitura radiografica foi padronizada, baseada em artigo de referencia utilizando-se de escores para os sinais radiologicos. A partir dessa validacao radiologica foram excluidos da analise final, os pacientes que tinham radiograma toracico sem infiltrado pneumonico para 2 de tres observadores e 3 observadores e aqueles pacientes que nao fizeram sorologia para todos os germes atipicos testados. RESULTADOS: Aamostra do estudo consistiu de 69 pacientes que tinham em media 37 anos, sendo 46(67(por cento)) homens e 23 (33(por cento)) mulheres. O diagnostico etiologico foi definida em 34(50(por cento)) dos pacientes usando metodos sorologicos. Chlamydia sp foi o agente atipico mais frequente com 11(16(por cento)), seguido por M. pneumoniae em 7(10(por cento)) casos. Influenza A respondeu por 4(6(por cento)) dos casos e Legionella em 4(6(por cento)) pacientes. Infeccoes mistas foram evidenciadas neste estudo...(au)
Palavra-chave Pneumonia
Radiologia
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 192 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 192 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15721

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta