Eficácia da solução de cloreto de sódio a 7, 5(por cento) com e sem dextram 70 a 6(por cento) na preservação da função renal de cães hipovolêmicos submetidos a isquemia-reperfusão

Eficácia da solução de cloreto de sódio a 7, 5(por cento) com e sem dextram 70 a 6(por cento) na preservação da função renal de cães hipovolêmicos submetidos a isquemia-reperfusão

Título alternativo Efficacy of sodium chloride solution 7, 5(por cento) with and without dextran 70 6(por cento) in preservation of renal function of dogs hipovolemics submitted the ischemic-reperfusion
Autor Rodrigues Junior, Geraldo Rolim Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Amaral, José Luiz Gomes do Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Em 24 caes, previamente anestesiados com pentobarbital sodico, na dose de 30mg.kg-1 de peso do animal, para preparacao cirurgica, cateterismos, instalacao dos aparelhos de registro e nefrectomia dirita, submetidos a expansao volemica com solucao de Ringer, somente nos 30 minutos iniciais, no volume de 1ml.kg-1.min-1, e a respiracao artificial com pressao positiva intermitente e fracao de oxigenio igual a do ar ambiente, foram observados possiveis alteracoes morfo-funcionais renais apos hemorragia de 20 ml.kg-1 e trinta minutos de total isquemia (clampeamento da arteria renal) com posterior reperfusao, alem da repercussao, sobre esses rins, da administracao de solucoes hipertomicas de cloreto de sodio 7,5(por cento) (SH) e esta em dextran 70 a 6(por cento)(SHD). Essas solucoes foram utilizadas na dose de 4ml.kg-1, 15 minutos apos a hemorragia e 30 minutos antes do inicio da isquemia. Foram estudados os seguintes atributos: (1) hemodinamicos - isquemia cardiaca, pressao arterial media, pressao da veia cava inferior, clearence de PAH, fluxo sanguineo renal; (2) plasmaticos - hematocrito, sodio, potassio, osmolaridade, PaO2,PaCO2 e pH; (3)da funcao renal-clrarances de creatina, osmolar, de agua livre, de sodio, de potassio, fracao de filtracao, volume e osmolaridade urinarias, excrecoes urinarias e fracionarias de sodio e de potassio; (4) temperatura retal; (5) estudo histopatologico do rim. Os atributos foram pesquisados em cinco momentos assim definidos: M1 - obtido 15 minutos apos injecao do prime de PAH e creatinina; M2 - obtido 60 minutos apos o prime de PAH e creatinina, 30 minutos apos hemorragia e 15 minutos apos reposicao com SH e SHD; M3- obtido 105 minutos apos o prime de PAH creatinina, 30 minutos apos o clampeamento da arteria renal e imediatamente apos desclampeamento; M4 - obtido 120 minutos apos o prime de PAH e creatinina de 15 minutos apos o desclampeamento; M5 - obtido 135 minutos apos o prime de PAH e creatinina e 30 minutos apos o desclampeamento. Apos a analise estatistica dos resultados, verificou-se que: l. em relacao aos atributos hemodinamicos, pressao arterial foi significativamente maior em G2 e G3, resistencia vascular renal foi maior em G1, e os valores de fluxo sanguineo renal e clearence de PAH foram significativamente maoires em G3; 2. os atributos plasmaticos apresentam perfis de sodio significativamente maiores em G2 e G3; 3. nos atributos da funcao renal, a excrecao fracionaria de sodio foi maior em G3...(au)
Palavra-chave Solução salina hipertônica
Rim/fisiologia
Soluções hipertônicas
Isquemia
Reperfusão
Idioma Português
Data de publicação 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 170 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 170 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15667

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta