Estudo histeroscópico e anatomopatológico do endométrio de mulheres na pós-menopausa com câncer de mama, antes e após o uso de tamoxifeno

Estudo histeroscópico e anatomopatológico do endométrio de mulheres na pós-menopausa com câncer de mama, antes e após o uso de tamoxifeno

Autor Goncalves, Manoel Afonso Guimaraes Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Goncalves, Wagner Jose Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo : avaliar a influência do tamoxifeno no aspecto histeroscópico do endométrio de pacientes com câncer de mama na pós-menopausa por meio da histeroscopia. Método: Estudaram-se, prospectivamente, 46 pacientes, das quais 20 utilizaram a droga por período médio de 12 meses. Efetuou-se, antes e após o tratamento pelo fármaco, a histeroscopia associada à biópsia endometrial. Resultados: A taxa de endométrio ativo antes e após a hormonioterapia adjuvante com tamoxifeno foi a mesma , atingindo 10,0(por cento). Conclusäo: A hormonioterapia adjuvante com tamoxifeno näo aumentou a taxa de atividade proliferativa em pacientes com câncer de mama na pós-menopausa. Observaram-se numerosas vesículas disseminadas po toda a cavidade uterina e isso constituiu o aspecto histeroscópico mais usual, talvez devido à atrofia cística do endometrio.
Palavra-chave Neoplasias da mama
Endométrio
Tamoxifeno
Histeroscopia
Menopausa
Idioma Português
Data de publicação 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 118 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 118 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15587

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta