Tumores cerebrais em criancas e adolescentes: estudo clinico de 70 casos

Tumores cerebrais em criancas e adolescentes: estudo clinico de 70 casos

Autor Serafim, Alexandre Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Os tumores cerebrais correspondem a segunda neoplasia mais frequente na infancia, sendo apenas superados pelas leucemias, assim realizamos um estudo clinico prospectivo em 70 pacientes com tumor cerebral, com idade variando de 1 a 15 anos, atraves de acompanhamento ambulatorial por um periodo de 4 anos (1993 u 1997). Foram avaliados 41 pacientes do sexo masculino e 29 do sexo feminino. Observamos uma frequencia discretamente maior de tumores infratentoriais (38 casos) em relacao aos de localizacao supratentorial (32 casos). O tumor mais frequentemente observado foi o meduloblastoma (21 pacientes), seguido pelo astrocitoma (15 pacientes) e pelo germinoma (11 pacientes). Os sintomas iniciais mais frequentes foram de hipertensao intracraniana (49 pacientes) e os sinais clinicos iniciais foram de deficit motor (43 pacientes). No acompanhamento ambulatorial observamos que 75,7% dos pacientes evoluiram com sequelas neurologicas. Em 34,3% houve recidiva tumoral e 21,4% dos pacientes evoluiram para obito
Palavra-chave Humanos
Criança
Adolescente
Neoplasias Encefálicas
Evolução Clínica
Recidiva
Mortalidade
Humanos
Criança
Adolescente
Idioma Português
Data de publicação 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 66 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 66 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15564

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta