Prevalencia de carie em dentes deciduos de criancas eutroficas, desnutridas ou obesas

Prevalencia de carie em dentes deciduos de criancas eutroficas, desnutridas ou obesas

Autor Silva, Edna Alves Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo As variaveis da carie dentaria foram analisadas e discutidas em funcao do estado nutricional de criancas com 3 a 5 anos de idade residentes em favelas da regiao de Vila Mariana, São Paulo. Encontrou-se uma alta prevalencia de carie nestas criancas, apresentando assim; 54,0%, 64,1% e 65,0% nas idades de 3, 4 e 5 anos de idade, respectivamente. Observou-se que a idade de 4 anos teve estatistica significante (p<0,05) nos grupos das criancas obesas quanto as superficies atacadas pela carie dentaria. A dieta do obeso parece favorecer a quantidade de superficies cariadas que o mesmo apresenta. A velocidade de fluxo salivar e a capacidade tampao foram avaliadas. A velocidade de fluxo salivar foi maior nos obesos de 4 anos de idade (p<0,05) e aumentou com a idade. Para a capacidade tampao da saliva, nao ocorreu associacao quando relacionado com o estado nutricional e a idade. Streptococcus mutans e Lactobacillus, apresentaram-se em niveis altos, e nao existiu diferenca entre eles em relacao ao estado nutricional das criancas
Palavra-chave Cárie Dentária
Estado Nutricional
Streptococcus mutans
Lactobacillus
Dieta Cariogênica
Idioma Português
Data de publicação 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 88 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 88 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15538

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta