Da função vestibular em usuários de crack: pesquisa vecto-eletronistagmográfica

Da função vestibular em usuários de crack: pesquisa vecto-eletronistagmográfica

Autor Taguchi, Carlos Kazuo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ganança, Mauricio Malavasi Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Nesta pesquisa, desenvolvida no Setor de Equilibriometria da Disciplina de Otoneurologia da Universidade Federal de São Paulo, realizamos a avaliacao da funcao vestibular de 51 usuarios de crack, com idades entre 12 e 38 anos, dispostos em dois grupos separados pela mediana de tempo de consumo da droga. A partir da historia clinica e da VENG, observamos a ocorrencia frequente de casos sem sintomas, porem com sinais de disfuncao vestibular a vestibulometria. A maioria dos usuarios de crack apresentou sinais compativeis com a hipotese diagnostica de sindrome vestibular periferica de tipo irritativo ou deficitario. Os resultados desta pesquisa indicaram que se deve incluir, no roteiro de avaliacao clinica dos usuarios de crack, o exame funcional do sistema vestibular
Palavra-chave Cocaína Crack
Doenças do Labirinto
Nistagmo Patológico
Testes de Função Vestibular
Vertigem
Crack Cocaine
Labyrinth Diseases
Nystagmus, Pathologic
Vestibular Function Tests
Vertigo
Idioma Português
Data de publicação 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 142 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 142 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15507

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta