Uso de um peptideo sintetico para o estudo da interacao proteoglicano de heparam sulfato inibidor de serino protease

Uso de um peptideo sintetico para o estudo da interacao proteoglicano de heparam sulfato inibidor de serino protease

Autor Colburn, Patricia C Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Nosso objetivo a longo prazo tem sido focalizado nas especies sulfatadas (glicoproteinas N-ligadas sufatadas e proteoglicanos de heparam sulfato) sintetizados por celulas endoteliais em cultura. Estes estudos foram baseados na assercao de que estas especies possam ser as moleculas que dao o suporte a propriedade incomparavel da superficie da celula endotelial, a saber, aquela de ser uma estrutura compativel com o sangue. Previamente mostramos que os proteoglicanos de heparam sulfato na celula endotelial desempenham um papel na manutencao da homeostasia do sangue e hipotetisamos que esta acao possa ser mediada por uma proteina ligante. Nesta tese mostra-se que as celulas endoteliais sintetizam uma glicoproteina N-ligada sulfatada, um inibidor da via extrinseca da coagulacao, que parece interagir com proteoglicanos de heparam sulfato. O inibidor, agora conhecido como Inibidor da Via do Fator Tecidual, esta presente no meio condicionado por culturas de celulas sob duas formas: intacto e truncado no C-terminal. Baseados nos nossos resultados experimentais, postulamos que a porcao que falta na extremidade C-terminal da forma truncada ligar-se-ia aos proteoglicanos de heparam sulfato via as cadeias de glicosaminoglicano. Para explorar esta hipotese, um peptideo foi sintetizado cuja sequencia de aminoacidos foi baseada na cauda C-terminal do TFPI intacto de coelho. Foi mostrado que este peptideo se liga aos proteoglicanos de heparam sulfato da matriz extracelular com alto grau de especificidade e afinidade. Finalmente, foi mostrado que a adicao do peptideo sintetico a culturas de celulas leva a deposicao dos proteoglicanos de heparam sulfato na matriz extracelular. O modelo para a deposicao de proteoglicano ligado a um ligante na matriz extracelular e proposto e suas implicacoes biologicas sao discutidas. A interacao do inibidor com proteoglicanos de heparam sulfato e o papel que estas duas moleculas podem desempenhar na manutencao da fluidez do sangue na superficie da celula endotelial tambem e discutido
Palavra-chave Inibidores de Serino Proteinase
Proteoglicanas
Heparitina Sulfato
Endotélio/citologia
Idioma Português
Data de publicação 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 102 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 102 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15461

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta