Balanços metabólicos de lactentes hospitalizados com diarreia aguda: comparações entre fórmulas com e sem lactose na realimentação

Balanços metabólicos de lactentes hospitalizados com diarreia aguda: comparações entre fórmulas com e sem lactose na realimentação

Autor Oliva, Carlos Alberto Garcia Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fagundes Neto, Ulysses Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A definicao do melhor regime dietetico a ser utilizado em lactentes desmamados de diarreia aguda continua controversa. Esta pesquisa foi planejada visando analisar e comparar, atraves de estudo metabolico de 48 horas, tres formulas alimentares na realimentacao de lactentes com diarreia aguda e desidratacao moderada ou grave. Foram estudados, de forma prospectiva, 70 lactentes do sexo masculino, menores de 6 meses de idade, internados em dois hospitais publicos de São Paulo Brasil. Uma vez hidratados, os pacientes foram divididos randomicamente em tres grupos, segundo tipo de formula alimentar a ser utilizada na realimentacao (formula lactea = FL; formula a base de caseina e isenta de lactose = CA; formula a base de hidrolisado proteico isenta de lactose=HP). Os tres grupos mostraram-se homogeneos no que tange a idade, antecedentes pessoais, duracao da diarreia e estado nutricional a internacao. Em 64% das criancas foi identificado algum enteropatogeno nas fezes. Sorogrupos de EPEC se constituiram no principal agente identificado (29/70=41%). Os pacientes do grupo CA apresentaram volumes fecais (em ml/kg) medios, nos dois dias estudados (78,9+/-33,8 ; 67,1+/-31,0), maiores que os do grupo FL (107,6+/-38,2; 101,2+/-33,5) e mostraram, no primeiro dia de estudo, menor necessidade de SRO-OMS (em ml/kg) que o grupo FL (77,4+/-33,2 x 99,8+/-46,4). Os pacientes do grupo HP mostraram maiores perdas fecais de potassio (em mEq/kg), no primeiro dia de estudo, maiores que os do grupo CA (2,9+/-1,7 x 1,7+/-0,9). A presenca de EPEC nas fezes mostrou promover maiores perdas fecal de agua e sodio. A formula a base de hidrolisado proteico nao mostrou maior eficacia nas comparacoes de nenhuma das variaveis estudadas
Palavra-chave Diarreia infantil
Comportamento alimentar
Alimentos formulados
Desequilíbrio hidroeletrolítico
Idioma Português
Data de publicação 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 134 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 134 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15422

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta